Topo

Futebol


Brasileiro que celebra gol como Pantera Negra vira tatuagem de fã na Ásia

Arquivo pessoal / Heberty
Imagem: Arquivo pessoal / Heberty

Marcello De Vico

Do UOL, em Santos (SP)

23/08/2019 10h58

Ídolo no futebol tailandês, o brasileiro Heberty já se acostumou a ter seu nome gritado pela torcida, a ouvir pedidos de autógrafos e a distribuir as já tradicionais selfies. Porém, nesta semana, o atacante de 30 anos se deparou com uma homenagem para lá de especial. Diamond, um torcedor de 20 anos do Muangthong, seu clube atual, tatuou a sua tradicional comemoração em seu peito.

A comemoração de Heberty (relembre em vídeo abaixo) reproduzida pelo menino se tornou febre no país asiático. Reprodução do gesto feito pelo protagonista do filme "Pantera Negra", ela já foi acompanhada até de uma máscara similar à usada pelo personagem - mas posteriormente proibida pela federação local.

"Foi muito impactante, algo único. A gente tenta imaginar a importância que tem na vida do torcedor, mas coisas como essa superam qualquer expectativa. Quando recebi a foto, quis logo conhecer o rapaz. Ele veio aqui, me mostrou a tatuagem e chorou muito. Dei a ele camisas oficiais do clube, um par de chuteiras e o convidei para assistir a todos os jogos da temporada com a minha família, do camarote. Era o mínimo que podia fazer diante de tamanha prova de carinho", disse o brasileiro, que foi vítima de insultos racistas em campo em 2015.

"Fico muito feliz em passar uma mensagem positiva para tanta gente que sofre com o racismo. O futebol é uma forma de entretenimento poderosa e que pode servir até mesmo para fazer as pessoas pensarem sobre temas importantes como esse. A homenagem, acima de tudo, acaba propagando ainda mais essa mensagem", acrescentou.

Arquivo pessoal / Heberty
Imagem: Arquivo pessoal / Heberty
Nascido em São Paulo (SP), Heberty foi revelado pelo Vasco da Gama em 2008. Pouco aproveitado no time carioca, ainda passou por Juventus, São Caetano e Paulista até ir para o Japão, em 2012, depois de ser campeão e um dos destaques do time de Jundiaí na Copa Paulista de 2011.

Depois de mais de dois anos no Japão, Heberty desembarcou na Tailândia em 2014, e de lá não saiu mais - a não ser por uma breve passagem pelo Al Shabab, da Arábia Saudita, entre 2016 e 2017.

Eleito melhor jogador da Tailândia e autor do gol mais bonito da Liga Tailandesa no mês de julho, Heberty soma 11 gols na competição e é o quarto colocado na artilharia. O Muangthong ocupa o sexto lugar.

Mais Futebol