Topo

Desfalques resgatam destaques do Carioca que estavam 'sumidos' no Vasco

Volante Lucas Mineiro foi destaque no Campeonato Carioca, mas perdeu a posição no Campeonato Brasileiro  - Thiago Ribeiro/AGIF
Volante Lucas Mineiro foi destaque no Campeonato Carioca, mas perdeu a posição no Campeonato Brasileiro Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

16/08/2019 04h00

O cenário mudou bastante para a dupla Lucas Mineiro e Raul Cáceres no Vasco. De destaques no vice-campeonato carioca deste ano, passaram a preteridos com a chegada do técnico Vanderlei Luxemburgo. Agora, com os desfalques recentes, ganharam uma nova chance e devem ser titulares no importante clássico de amanhã (17), contra o Flamengo, às 19h, no estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF).

Lucas Mineiro, por exemplo, foi eleito um dos melhores volantes do Estadual e entrou na seleção do campeonato. Suas boas atuações fizeram com que despertasse o interesse do Atlético-MG em maio.

Lucas Mineiro recebe o prêmio de melhor volante do Campeonato Carioca de 2019 - Divulgação / Ferj
Lucas Mineiro recebe o prêmio de melhor volante do Campeonato Carioca de 2019
Imagem: Divulgação / Ferj

Na ocasião, o clube mineiro avaliou a possibilidade de pagar sua multa contratual e tirá-lo de São Januário, mas as negociações não foram adiante. O volante pertence à Chapecoense e está emprestado ao Vasco até o fim deste ano, com os cariocas tendo a prioridade de compra de 50% de seus direitos econômicos por 1 milhão de euros (cerca de R$ 4,4 milhões na cotação atual).

O jogador, porém, teve uma queda de rendimento no Campeonato Brasileiro e, após ser titular nos três primeiros jogos com o técnico Vanderlei Luxemburgo, sucumbiu ao banco de reservas depois da Copa América.

Já Cáceres se destacou no início de 2019 pela regularidade. Dos 18 jogos do Vasco no Campeonato Carioca, atuou em 16 e parecia ser o dono da posição, mas também teve uma queda de rendimento que ficou acentuada na final do Estadual, contra o Flamengo, quando falhou no segundo gol sofrido no primeiro jogo da decisão.

No Campeonato Brasileiro, havia atuado somente na estreia, contra o Athletico-PR, depois foi preterido e só retornou no dia 20 de julho, entrando no segundo tempo da vitória por 2 a 1 sobre o Fluminense. Na última rodada, porém, por conta dos desfalques, foi titular na vitória por 1 a 0 sobre o Goiás, quando Luxemburgo precisou novamente avançar Yago Pikachu para a ponta direita.

Paraguaio Raul Cáceres deverá ser titular do Vasco pela segunda vez consecutiva com Luxemburgo - Rafael Ribeiro / Vasco
Paraguaio Raul Cáceres deverá ser titular do Vasco pela segunda vez consecutiva com Luxemburgo
Imagem: Rafael Ribeiro / Vasco

No treino de ontem, tanto Lucas Mineiro quanto Cáceres treinaram entre os titulares, o que aumenta a possibilidade de que eles sejam escalados entre os 11.

Até o momento, o Vasco tem como desfalques certos o atacante Marrony e o volante Marcos Júnior, suspensos, além do atacante Rossi, que ainda se recupera de uma apendicite.

Talles viaja com a delegação

Outro que, a princípio, deverá ser desfalque é o atacante Talles Magno. Embora tenha viajado com a delegação para Brasília, ele ainda não foi desconvocado pela CBF para um período de amistosos com a seleção brasileira sub-17.

Internamente, há o entendimento de que Magno não está apto a atuar no clássico, uma vez que consta como convocado. Assim, a avaliação é de que não vale colocar o jogador em campo e arriscar receber uma punição futura, que pode acarretar em perda de pontos na competição. Mas, ao mesmo tempo, a cúpula aponta que há caminhos para que se consiga chegar a um denominador comum com a CBF e o imbróglio possa ser desfeito antes da partida.

Caso o jovem de 17 anos não atue, o Vasco deverá ir a campo com a seguinte formação: Fernando Miguel; Cáceres, Oswaldo Henríquez, Leandro Castan e Henrique; Richard, Raul e Lucas Mineiro; Yago Pikachu, Tiago Reis e Marquinho.