Topo

São Paulo vai observar volante da seleção uruguaia sub-17 em Cotia

Cartagena é jogador da seleção sub-17 do Uruguai e do Nacional - Divulgação/AUF
Cartagena é jogador da seleção sub-17 do Uruguai e do Nacional Imagem: Divulgação/AUF

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo

12/08/2019 04h00

O São Paulo tem olhado cada vez mais para o mercado sul-americano em busca de jovens talentos. Depois de contratar o atacante paraguaio Antonio Galeano para o time sub-20, o Tricolor agora está de olho em um volante da seleção uruguaia sub-17. Santiago Cartagena pertence ao Nacional e passará por um período de observação no clube paulista.

Cartagena é esperado no CFA Laudo Natel, em Cotia, na manhã de hoje. Ele ficará dez dias alojado com o time sub-17 do São Paulo e será avaliado em sessões de treinamento. A ideia é ver se o garoto de 16 anos se encaixa no modelo de jogo das categorias de base do Tricolor antes de oficializar uma proposta para o Nacional.

Para que esse período de testes fosse permitido, Cartagena precisou assinar o primeiro contrato profissional com o clube de Montevidéu. O documento foi firmado na última sexta-feira e, ontem, o jovem já embarcou para a capital paulista. Nesta temporada, "Santi", como é chamado, disputou o Sul-Americano sub-17 com a seleção uruguaia. Fez um gol em nove partidas - foi titular em oito.

A meta do São Paulo é ampliar a rede de observação de promessas na América do Sul nos próximos meses. O modelo de prospecção de talentos do continente utilizado pelo River Plate, da Argentina, e pelo Porto, de Portugal, é usado como espelho pelo Tricolor. No ano passado, o meia boliviano Raul Gutierrez já havia sido observado, mas não agradou.

O paraguaio Galeano, que chegou em 2019, é considerada uma aposta certeira. Ele está emprestado pelo Rúbio Ñu até dezembro e deve ser comprado por 700 mil dólares (cerca de R$ 2,7 milhões). O valor é referente a 60% dos direitos econômicos do atleta, que já tem seis gols em 23 partidas e agradou até à comissão técnica do profissional.

São Paulo