Topo

Esporte


Assistente do Liverpool diz que árbitros festejaram após revés para o Real

Peter Krawietz é assistente de Juergen Klopp - Denis Balibouse/Reuters
Peter Krawietz é assistente de Juergen Klopp Imagem: Denis Balibouse/Reuters

Do UOL, em São Paulo

08/08/2019 08h42

O assistente-técnico do Liverpool, Peter Krawietz, disse que ouviu árbitros e bandeirinhas "cantando e festejando" no vestiário após a final da Liga dos Campeões de 2018, na qual o time inglês foi derrotado por 3 a 1 pelo Real Madrid.

Em entrevista aio site "The Atlantic", Krawietz disse que o contraste com a tristeza no vestiário do Liverpool gerou momentos amargos.

"Em Kiev, o vestiário era como uma enfermaria, com muita dor e choro. E então você ouve seus oponentes celebrando. E no vestiário ao lado, os árbitros também comemoraram. Eu não sei o motivo, mas eles estavam cantando e festejando, com uma caixa de cerveja. Para nós, foi horrível", disse.

O trio de arbitragem daquela partida foi formado pelos sérvios Milorad Mazic, Milovan Ristic e Dalibor Durdevic.

Segundo Peter Krawietz, apesar da resignação, a reação do elenco do Liverpool foi a correta. Um ano depois, a equipe voltou à final da Liga dos Campeões e comemorou a conquista com vitória sobre o Tottenham.

"Ter a reação correta é difícil. Mas você tem que mostrar força e grandeza na derrota. E a reação foi certa. 'Sim, eles realmente nos machucaram, mas não nos derrubaram. Estamos caídos, mas ainda não acabou'", disse.

Mais Esporte