Topo

UOL Esporte vê TV


"Para trazer o Balotelli, teria que castrá-lo", afirma comentarista da Fox

Balotelli comemoração no City - Andrew Yates/AFP
Balotelli comemoração no City Imagem: Andrew Yates/AFP

Do UOL, em São Paulo (SP)

06/08/2019 12h07

A possível contratação de Mario Balotelli pelo Flamengo agitou o Bom Dia Fox de hoje. Presente na bancada, Mano exaltou a qualidade do atacante, mas que, para viver no Rio de Janeiro, o italiano precisaria ser 'castrado'.

"O grande problema dele é a cabeça. Ele é um cara que tem 28 anos, mas já passou por Liverpool, Manchester City, Milan, Inter (de Milão). É um cara que tem muita qualidade. Ele, se quiser jogar, vale a pena a contratação", falou Mano, que seguiu:

"Precisa saber se o Balotelli está a fim de vir e oferecer o que ele pode ao Flamengo. O Flamengo faria um grande esforço para trazê-lo, será que o Baloetelli está a fim de fazer um grande esforço para devolver tudo isso para o Flamengo? Talvez, não. Para trazer o Balotelli, perdão pelo trocadilho, teria que castrá-lo. Como é que o Balotelli, no Rio de Janeiro, solto, com o perigo que ele é, viveria aqui? Imagina o Balotelli solto no Rio de Janeiro solteiro".

Levando em conta o alto investimento que o Flamengo precisaria fazer para ter o jogador, Mano acredita que, com o atual elenco, Balotelli não é necessário. No entanto, com o italiano, o rubro-negro teria um ataque de vídeo game.

"É um investimento pesado. Inegavelmente, ele virá ganhando um alto salário dentro do que o Flamengo se predispõe a pagar. Está na cara que ele será um dos maiores salários do elenco. A pergunta que fica é a seguinte: o Flamengo precisa do Balotelli? Talvez não. O Flamengo, com o que já tem do meio para frente, é um time extremamente recheado. Mas, inegavelmente, o Balotelli é um excelente jogador", comentou Mano.

"Imagina só um time, jogando um volante só, o meu seria o Cuellar, com Éverton Ribeiro, Arrascaeta e Bruno Henrique. Na frente, Gabigol e Balotelli. É um time de vídeo game que, para parar, é embaçado. Só na porrada", completou.

UOL Esporte vê TV