PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Muricy vê 'pequena vantagem' para o Corinthians em Dérbi: 'Joga em casa'

Reprodução
Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

02/08/2019 14h52

O "fator casa", para Muricy Ramalho, pode ser uma vantagem para o Corinthians no duelo contra o Palmeiras, neste domingo, às 19h, pelo Campeonato Brasileiro. Evitando atribuir favoritismos, o comentarista, presente no Globo Esporte SP de hoje, acredita em um clássico "truncado" e com "muita intensidade".

"Não dá para dizer qual é favorito. É um clássico. Agora, acho que é um jogo truncado. Um jogo muito tático, já que os dois treinadores são muito táticos. A gente espera um jogo muito pegado, de muita intensidade. Os dois vêm com muita confiança. O Corinthians pode levar uma pequena vantagem porque joga em casa", analisou o ex-treinador.

Sobre o Corinthians, classificado para as quartas da Copa Sul-Americana, Muricy vê o time mais ofensivo e acredita que Fábio Carille está próximo da escalação ideal.

"O Corinthians está buscando outro tipo de jogo, mais para frente. Está com um meio de campo que toca mais a bola. O problema do Corinthians é a transição, o cara que pensa o jogo. Ele está achando o time", explicou.

No que diz respeito ao lado alviverde, garantido nas quartas da Copa Libertadores, o comentarista exaltou o elenco farto e usou a disputa entre Borja e Deyverson como exemplo de administração de grupo.

"Isso é uma dor de cabeça excelente para o treinador. O treinador quer ter isso. Quando olha para o banco, tem alguém que possa entrar e melhorar o time. É quem está jogando melhor. A briga entre Deyverson e Borja, por exemplo: o Borja fez o gol, o Deyverson vai esperar. Quem tiver melhor, com certeza o Felipão vai colocar. Não tem essa de administrar. O Felipão é campeão do mundo e é o seguinte, quem tiver melhor vai jogar", disse.

Palpite do PVC: Quem vence o clássico entre Corinthians e Palmeiras?

UOL Esporte

UOL Esporte vê TV