Topo

Futebol


Jorginho critica jogadores do 7 a 1: "Postaram foto em Ibiza dias depois"

Dunga e Jorginho durante participação no porgrama "Conversa com Bial" - Reprodução/TV Globo
Dunga e Jorginho durante participação no porgrama "Conversa com Bial" Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

01/08/2019 07h58Atualizada em 01/08/2019 14h11

Durante o programa "Conversa com Bial", da "TV Globo", na madrugada de hoje, Jorginho criticou a postura dos jogadores que defenderam a seleção brasileira na goleada vexatória aplicada pela Alemanha durante a Copa do Mundo de 2014. O lateral direito do Tetra relembrou que muitos atletas exibiram momentos de curtição nas redes sociais poucos dias depois do fatídico 7 a 1.

"Quando a gente tomou de 7, alguns jogadores postaram fotos em Ibiza dois, três dias depois. É duro. É difícil de a gente engolir uma situação como essa. Todo atleta precisa curtir ao máximo cada momento. Você tem que sentir a dor da derrota para valorizar o dia que ganhar", opinou Jorginho.

Jorginho fez um paralelo e relembrou o quanto foi sofrida a desclassificação na Copa do Mundo de 1990, na Itália. Na época, a seleção brasileira perdeu para a Argentina por 1 a 0 nas oitavas de final e acabou eliminada. Segundo o ex-jogador, a queda foi importante para a conquista do tetracampeonato na Copa do Mundo seguinte, em 1994.

"A diferença desse grupo é que ele realmente sentiu a dor da derrota. Eu fiquei um mês sem sair de casa. A final entre Argentina e Alemanha, eu não consegui ver. Triste, chorando", comentou Jorginho.

Dunga também esteve presente no "Conversa com Bial" e contou sobre a lembrança de um papo que teve com o pai logo após a derrota em 90, justamente antes de bater o último pênalti do Brasil para a conquista do tetra, em 94 - o italiano Roberto Baggio isolou a última cobrança.

"Lembrei da conversa com o meu pai. Eu só queria uma chance e estava tendo mais. Apesar de ser um jogo coletivo, eu era uma pessoa decisiva naquele momento. Quando comecei a caminhar [para o pênalti], não vi mais nada. Coloquei a bola. Quando vi entrar no gol, fiquei cansado", falou Dunga, que, em 90, afirmou ao pai que só precisava de uma chance para conquistar o título.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do informado, Jorginho não foi capitão na Copa do Mundo de 1994. O dono da faixa era Dunga.
ESPN, Ei PLus e Fox Sports

Assista aos jogos e programas de ESPN, EI Plus e Fox Sports sem TV a cabo.

Futebol