PUBLICIDADE
Topo

Neymar fica fora de amistoso e fechará pré-temporada do PSG sem jogar

Neymar durante treinamento do PSG em Shenzen - Divulgação/PSG
Neymar durante treinamento do PSG em Shenzen Imagem: Divulgação/PSG

João Henrique Marques

De Paris, em colaboração para o UOL

28/07/2019 11h02

Classificação e Jogos

O atacante Neymar ficou fora da viagem do PSG para a cidade chinesa de Suzhou e não será utilizado pelo técnico Thomas Tuchel no amistoso contra o Sydney FC, que será realizado na próxima terça-feira. A informação foi publicada primeiramente pelo jornal "L'Equipe" e confirmada pelo UOL Esporte.

Neymar continuará na cidade de Shenzen, onde o PSG realizou a maior parte da pré-temporada na China, ao lado de Presnel Kimpembe. A justificativa interna do clube é de que o brasileiro precisa melhorar o seu condicionamento físico, já que se recuperou recentemente de uma lesão no tornozelo sofrida em junho, em amistoso da seleção.

Desta forma, Neymar fechará a pré-temporada do PSG sem entrar em campo. No último sábado, o brasileiro também realizou treinamento físico em Shenzen enquanto seus companheiros enfrentavam a Inter de Milão em amistoso em Macau. O time francês ainda enfrentou Dynamo Dresden e Nuremberg sem o atacante.

Depois do amistoso contra o Sydney FC, o PSG enfrentará o Rennes no próximo sábado pela Supercopa da França. Neymar é desfalque certo, já que cumprirá o último jogo de suspensão de três partidas recebidas por agredir um torcedor rival na decisão da Copa da França, também contra o Rennes.

Assim, a estreia de Neymar na temporada deve ocorrer apenas no dia 11 de agosto, quando o PSG estreia no Campeonato Francês contra o Nimes.

A ausência nos amistosos vem em um momento em que Neymar espera uma definição sobre o seu futuro. Ele já manifestou ao PSG seu desejo de sair, mas a situação está longe de um final. O Barcelona se mostra interessado em contratá-lo, mas as negociações são consideradas complicadas.

Neste período, Neymar também se envolveu em polêmica ao se apresentar com uma semana de atraso em relação ao solicitado pelo PSG. O jogador alegou que já havia combinado com o clube que voltaria a Paris no dia 15 de julho, uma semana depois do esperado.

Esporte