Topo
Comprar ingresso
Comprar ingresso

Diretor do Corinthians pede afastamento por tempo indeterminado

Jorge Kalil ao lado de Duílio Monteiro Alves em homenagem a Ralf no vestiário - Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians
Jorge Kalil ao lado de Duílio Monteiro Alves em homenagem a Ralf no vestiário Imagem: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

19/07/2019 16h37

O diretor-adjunto do Corinthians, Jorge Kalil, pediu afastamento das atividades do clube por tempo indeterminado. O dirigente é cirurgião vascular bem-sucedido no Brasil e pediu licença para organizar a vida profissional. O tempo dedicado ao Alvinegro estava impossibilitando Kalil de cumprir a sua agenda como médico.

Segundo apurou o UOL Esporte, Jorge Kalil deve voltar as funções no clube de Parque São Jorge ainda nesta temporada.

Apesar de exercer a função de dirigente de futebol no Corinthians, Kalil foi responsável por chefiar a equipe de infectologia do Hospital São Luiz na internação do presidente do clube paulista, Andrés Sanchez, por causa de uma encefalite viral, em março deste ano.

Além de Andrés, o médico e dirigente também foi responsável pelo atendimento rápido ao diretor de futebol do Corinthians, Duílio Monteiro Alves, em junho do ano passado.

Kalil encaminhou Duílio com urgência para o hospital, onde realizou um cateterismo por conta de um entupimento quase total de uma das veias do coração.

Jorge Kalil, ao lado de Duílio, é responsável pela assinatura contratual e apresentação de reforços no Corinthians. No entanto, o médico já não esteve na apresentação do zagueiro Gil na semana passada e na divulgação da assinatura da renovação contratual de Danilo Avelar na última quinta-feira.

Corinthians