Topo

UOL Esporte vê TV


Globais concordam com gol anulado do Cruzeiro; apresentador faz ressalva

17/07/2019 21h30

Um lance no segundo tempo de Atlético-MG x Cruzeiro, pela partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil, chamou a atenção. Quando o placar mostrava 1 a 0 para o Galo, o Cruzeiro empatou o jogo, mas o gol foi anulado por conta de uma falta na origem do lance. Na 'Central do Apito', o comentarista Sandro Meira Ricci confirmou a decisão de Flávio Rodrigues de Souza, que reviu o lance no monitor, antes de anular a jogada.

"Nesse momento, eles estão analisando uma possível falta sobre o Fábio Santos. Para mim, foi falta. O jogador do Cruzeiro vai só na cintura do Fábio Santos e faz a falta no início da jogada. O gol deve ser anulado. A falta no Fábio Santos foi o que permitiu o Cruzeiro puxar o contra-ataque e fazer o gol, portanto faz parte da fase ofensiva do ataque. O árbitro de campo deveria ter marcado a falta e, como não marcou, foi chamado para rever o lance e reconsiderar sua decisão", disse o ex-árbitro.

Outra questão que gerou polêmica foi a expulsão de dois jogadores - David, pelo Cruzeiro, e Alerrandro, pelo Atlético-MG - por conta de uma confusão que se iniciou com a comemoração de Pedro Rocha, autor do gol anulado do Cruzeiro. Sandro Meira Ricci explicou o motivo de os cartões serem mantidos.

"As expulsões são mantidas porque não são técnicas, mas disciplinares, então não são revertidas", afirmou.

Nas redes sociais, dois companheiros de Grupo Globo se manifestaram, criticando a arbitragem, apesar de concordarem com a anulação do gol. Tiago Maranhão, apresentador do "Troca de Passes", do SporTV, afirmou que o árbitro poderia ter marcado a falta em campo e evitado as expulsões.

"Se o juiz, que estava de frente e pertíssimo do lance, tivesse marcado a falta no Fábio Santos (sem esperar o VAR), duas expulsões teriam sido evitadas", escreveu.

Sua colega de "Troca de Passes", Ana Thaís Matos, concordou com a ressalva de Maranhão.

"Esse árbitro é terrível. Eu ia escrever isso antes de começar o jogo e ele não decepciona. Todo alterado, não marcou a falta, expulsou jogadores. Que lambança", escreveu.

UOL Esporte vê TV