PUBLICIDADE
Topo

Deyverson supera até Dudu no rodízio de Felipão no Palmeiras no Brasileirão

Deyverson, do Palmeiras - Daniel Vorley/AGIF
Deyverson, do Palmeiras Imagem: Daniel Vorley/AGIF

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

15/07/2019 04h00

Para poder disputar três competições de maneira simultânea, Luiz Felipe Scolari promove um rodízio entre os jogadores do Palmeiras. No clássico com o São Paulo, por exemplo, Felipe Melo foi poupado. Há um atleta, no entanto, que não tem descanso. Peça importante no esquema do treinador alviverde, o atacante Deyverson supera até Dudu quando o assunto é quem fica mais tempo em campo.

O camisa 16 participou de todas as dez partidas do clube neste Campeonato Brasileiro e marcou três gols. Já Dudu não entrou em campo no duelo com o CSA, pela segunda rodada, quando boa parte do time havia sido poupada. Além disso, o camisa 7 acabou sendo substituído em seis confrontos do time na competição.

A sequência de Deyverson no Palmeiras pode ser explicada por alguns motivos. O atacante é considerado fundamental no esquema tático montado por Felipão. O incansável atleta contribui tanto na marcação quanto nas jogadas aéreas, uma das armas do alviverde. Além disso, ele sabe como segurar bem a bola no campo ofensivo.

Por outro lado, os jogadores considerados concorrentes de Deyverson estão longe de viver um bom momento. Felipão não pretende mudar o esquema tático para escalar Borja, que pode ser negociado nesta janela de transferência - ele disputou 14 partidas nesta temporada e marcou três gols, sendo o último no dia no dia 27 de fevereiro, contra o Ituano, pelo Campeonato Paulista.

Arthur Cabral também não teve oportunidade de mostrar serviço neste nacional. O jogador, que defendeu o Ceará no ano passado, entrou em campo pela última vez em um jogo oficial no dia 22 de maio, contra o Sampaio Corrêa, pela Copa do Brasil.

Palmeiras