Topo

Futebol


Botafogo tenta seguir Cruzeiro e amenizar crise com bons resultados

Cruzeiro respirou mais aliviado após vencer o Atlético-MG e amenizar crise extracampo - Thomas Santos/AGIF
Cruzeiro respirou mais aliviado após vencer o Atlético-MG e amenizar crise extracampo Imagem: Thomas Santos/AGIF

Bernardo Gentile e Enrico Bruno

Do UOL, no Rio e em Belo Horizonte

14/07/2019 04h00

Cruzeiro e Botafogo se enfrentam neste domingo, às 16h (horário de Brasília), no Mineirão. As equipes entram em campo pressionadas por uma grande crise fora das quatro linhas. Os mineiros voltaram aos gramados e tiveram uma vitória marcante diante do Atlético-MG na Copa do Brasil e viu a situação amenizar.

O Alvinegro, então, tenta repetir a fórmula do rival deste domingo para que a crise financeira não interfira nos resultados do time em campo. Pelo contrário. O objetivo é seguir com a torcida ao lado do time mesmo com jogadores insatisfeitos com os dois meses de salários atrasados.

Sem dinheiro, o Botafogo tenta na Justiça liberar um dinheiro penhorado para pagar parte dos salários atrasados. A expectativa é que isso possa ocorrer na próxima semana. E essa notícia alivia os jogadores que ameaçam até mesmo suspender os treinamentos se não houvesse algum tipo de prazo para o problema ser resolvido.

O Cruzeiro, por sua vez, vive sua maior crise institucional da história desde o final de maio. Isso porque membros importantes da gestão sofrem grande pressão para deixarem seus cargos e são investigados por suspeita de lavagem de dinheiro, falsificação de documentos e falsificação de documentos.

Financeiramente, a situação também não anda nada bem. Recentemente, a diretoria precisou se desfazer do zagueiro Murilo (Lokomotiv de Moscou) e do atacante Raniel (São Paulo) para ajudar a pagar os salários de jogadores e funcionários.

Apesar da crise externa, a parada para a Copa América foi bastante comemorada pela comissão técnica, que ganhou tempo para blindar seus jogadores. Prova disso foram os acontecimentos na véspera do clássico contra o Atlético-MG. A dois dias do jogo, a Polícia Civil cumpriu mandados de busca e apreensão nas instalações do clube e na casa dos dirigentes. Pouco depois, faltando praticamente 24 horas para a partida, o vice-presidente Itair Machado foi afastado de suas funções pela Justiça.

Dentro de campo, a turbulência parece não ter afetado o elenco, que deu uma resposta positiva em campo e venceu o rival por 3 a 0, dando um grande passo para sua classificação na Copa do Brasil.

"Isso [crise externa] faz parte, infelizmente, do nosso dia a dia. Mas os jogadores, hoje, vivem em um mundo muito à parte. Às vezes nós reclamamos disso, mas felizmente fez bem nesse caso", disse o técnico do Cruzeiro, Mano Menezes.

O Botafogo faz boa campanha no Campeonato Brasileiro com 15 pontos conquistados, garantindo a 7ª posição. Já o Cruzeiro não começou a competição bem e está na zona de rebaixamento (em 18º) com apenas oito pontos.

CRUZEIRO x BOTAFOGO

Motivo: 10ª rodada do Brasileirão
Data/Hora: 14/07/2019, às 16h (de Brasília)
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Jorge Eduardo Bernardini (RS)
VAR: Rafael Traci (SC)

CRUZEIRO: Fábio; Jadson, Dedé, Léo e Egídio; Henrique e Ariel Cabral; Marquinhos Gabriel, Thiago Neves e Pedro Rocha; Fred. Técnico: Mano Menezes.

BOTAFOGO: Gatito; Marcinho, Carli, Gabriel e Gilson (Jonathan); Bochecha, João Paulo, Alex Santana; Luiz Fernando, Erik e Diego Souza. Técnico: Eduardo Barroca.

Futebol