Topo

Esporte


Pivô da expulsão de Messi, Medel atirou chiclete em torcedor

Lionel Messi, da Argentina, se envolve em confusão com Gary Medel, do Chile, na disputa pelo terceiro lugar da Copa América na Arena Corinthians - Nelson Almeida/AFP
Lionel Messi, da Argentina, se envolve em confusão com Gary Medel, do Chile, na disputa pelo terceiro lugar da Copa América na Arena Corinthians Imagem: Nelson Almeida/AFP

Diego Salgado, José Edgar de Matos e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

06/07/2019 23h15

As polêmicas envolvendo Medel não ficaram restritas ao lance que gerou a expulsão de Lionel Messi, hoje (6), na Arena Corinthians, na disputa do terceiro lugar da Copa América. O chileno se irritou com as críticas da torcida após a cerimônia de premiação e atirou um chiclete na direção do público. O caso havia sido relatado à reportagem do UOL Esporte por pessoas que estavam no local e agora pode ser comprovado por imagens que circulam na internet.

O jogador não ficou satisfeito com o desempenho do árbitro paraguaio Mario Díaz de Vivar, responsável por aplicar o cartão vermelho para os dois ainda no primeiro tempo do confronto.

"São coisas do futebol. Com um cartão amarelo para cada um a situação estaria resolvida. Creio que o árbitro quis ser protagonista, errou bastante e não estou de acordo com as decisões que ele teve", disse Medel.

Mesmo sem contar com Lionel Messi durante todo o segundo tempo, a Argentina derrotou o Chile por 2 a 1 e garantiu a terceira colocação no torneio. A final será amanhã, a partir das 17h, no Rio de Janeiro, entre a seleção brasileira e o Peru.

Esporte