Topo

Futebol


Torcedor peruano usa berrante para alertar jogadores contra "tentações"

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

01/07/2019 19h01

Durante o treinamento do Peru na tarde de hoje (1º) em Porto Alegre, um som semelhante a uma buzina destoava dos gritos, chamados e apitos naturais de um treino de futebol. O barulho vinha de fora do estádio Beira-Rio, onde ocorria a atividade, e tinha objetivo claro: alertar os jogadores contra tentações.

Era o torcedor David Chauca, que acompanha a seleção há nove anos. Religioso, ele é conhecido com "El Israelita" e carrega palavras bíblicas aos atletas.

Mais cedo, ele esteve com os jogadores no hotel que serve de concentração ao Peru, na zona norte de Porto Alegre. Por lá, disse que passou uma mensagem inicial: que os atletas não caiam em provocações.

"Os chilenos são muito provocativos. Mas há mandamento: não te vingarás. E os jogadores não podem revidar", disse.

O berrante é chamado de shofar (mas por ter sido comprado em São Paulo, usemos o termo mais popular no Brasil) e serve, segundo ele, para chamar atenção contra as tentações.

"Muitas vezes os jogadores caem em tentação. Seja com mulheres, seja com bebida. Usamos este som para chamar atenção deles, para não fazerem isso", disse.

Chauca contou ainda que conversou com Guerrero, com Zambrano, com jogadores da seleção e levou até eles a religião. Para que, juntos, possam estar em paz para a semifinal da Copa América.

"Só quero que seja uma partida justa. O Chile é uma grande equipe, sei que será difícil, mas quero que o jogo seja justo, que ganhe o melhor", falou. "Saímos de 5 a 0 para uma classificação contra um grande time que é o Uruguai. Erguer a taça é um sonho", completou.

A missão de Chauca no Brasil não é apenas apoiar a seleção, ele também divulgou os conceitos de sua religião com um livreto, em português, da Associação Evangélica da Missão Israelita do Novo Pacto Universal. Mais de 5 mil foram distribuídos.

"Estive na Copa do Mundo da Rússia, levei apoio aos jogadores, paz, e a palavra do Senhor. Faço o mesmo aqui no Brasil", finalizou, antes de voltar a tocar o berrante, ou shofar, e cantar as músicas que exaltam o país.

Torcedor famoso no Peru

Chauca é conhecido no Peru e não gasta nada para seguir a seleção. Como contou o UOL Esporte, o aficionado religioso, que trabalha na construção civil, chegou ao país através da união dos integrantes da Congregação Israelita de Jeová.

Mais Futebol