Topo

Futebol


"Pode ser que tenha feito bem": Guerrero usa goleada como motivação no Peru

Ricardo Gareca e Paolo Guerrero em entrevista coletiva hoje, na Arena Fonte Nova, em Salvador - Gabriel Carneiro/UOL
Ricardo Gareca e Paolo Guerrero em entrevista coletiva hoje, na Arena Fonte Nova, em Salvador Imagem: Gabriel Carneiro/UOL

Gabriel Carneiro

Do UOL, em Salvador

28/06/2019 18h31

O Peru avançou às quartas de final da Copa América como terceiro colocado do Grupo A depois de uma derrota por 5 a 0 para a seleção brasileira. Apesar do abalo pela goleada sofrida na Arena Corinthians, o atacante Paolo Guerrero espera reverter o sentimento antes do primeiro confronto eliminatório, que será amanhã, às 16h, na Arena Fonte Nova, contra o Uruguai.

"A grandeza desse grupo é que ele se recompõe muito rápido, é unido, tem amizade, tem moleques que façam com que o grupo seja unido, divertido, nos sentimos à vontade. Uma derrota dói, ainda mais como foi contra o Brasil, mas já passamos por muitos casos desses e nos recompusemos. E no jogo seguinte demonstramos poderio maior, concentração maior, dedicação em campo. Pode ser que tenha feito bem, porque já vi passar algumas vezes e o grupo fica mais perigoso ainda. Estou muito confiante e tranquilo com o grupo, sei que amanhã temos que fazer um grande jogo", disse o atacante peruano, que pouco antes havia admitido o grupo abalado pela goleada no jogo anterior.

"O último resultado abalou o grupo, obviamente, mas agora estamos concentrados, bem equilibrados, com ansiedade pelo jogo. E como todo jogador vemos como uma chance de revanche. Queria estar dentro de campo (risos). Estamos preparados, grupo trabalhou forte esses dias. Queremos amanhã estar da mesma maneira e dar alegrias a todos."

Guerrero concedeu entrevista coletiva na sala de imprensa da Arena Fonte Nova, em Salvador, ao lado do técnico da seleção peruana, Ricardo Gareca. O comandante lamentou o corte do experiente atacante Farfán, realizado após a partida contra o Brasil, e projetou o embate decisivo de amanhã: "Teremos um adversário difícil como sempre é, que tem a característica particular do futebol uruguaio, que é o jogo físico, mas com muitos recursos técnicos. Em sua essência, é um time de Tabárez, precisamos respeitar", afirmou o treinador, que depois ilustrou uma resposta que questionava opções de escalação nesta Copa América.

"Um dia estava vendo um programa importante e havia um debate entre os jornalistas. Dentro do debate diziam quem tinha que jogar: 'tem que jogar fulano'. Mas e quem sai? 'Depois é problema do técnico quem entra' (risos). Muitas vezes entendemos a realidade em que pedem determinados jogadores, mas respeitamos critérios, metemos os melhores jogadores no melhor momento. Depois é ver o rendimento e se há resultados."

FICHA TÉCNICA
URUGUAI x PERU

Data: 29 de junho de 2019, sábado
Horário: 16h (horário de Brasília)
Competição: Copa América (quartas de final)
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Brasil)
Assistentes: Kleber Gil e Rodrigo Corrêa (ambos do Brasil)
VAR: Patrício Loustau (Argentina)

URUGUAI: Muslera, Giovanni González, Godin, Giménez e Cáceres; Bentancur, Fede Valverde, Nandez e De Arrascaeta; Cavani e Luis Suárez. Técnico: Óscar Tabárez.

PERU: Gallese; Advincula, Zambrano, Miguel Araujo e Trauco, Renato Tapia, Yotún, André Carrillo e Cueva; Edison Flores e Guerrero. Técnico: Ricardo Gareca.

Mais Futebol