Topo

Futebol


Uruguaios chamam Cueva e Guerrero de "estrelas" antes de jogo decisivo

Giovanni González, do Peñarol, e Federico Valverde, do Real Madrid, em coletiva da seleção do Uruguai hoje - Gabriel Carneiro/UOL
Giovanni González, do Peñarol, e Federico Valverde, do Real Madrid, em coletiva da seleção do Uruguai hoje Imagem: Gabriel Carneiro/UOL

Gabriel Carneiro

Do UOL, em Salvador

27/06/2019 15h28

Uruguai e Peru se enfrentam neste sábado, às 16h, pelas quartas de final da Copa América, na Arena Fonte Nova, em Salvador. Apesar de o último resultado da seleção peruana na competição ter sido uma goleada por 5 a 0 sofrida contra o Brasil, o time de Ricardo Gareca é respeitado pelos jogadores do Uruguai. Em entrevista coletiva concedida hoje, no hotel em que a delegação está hospedada, Giovanni González e Federico Valverde citaram dois jogadores em especial para demonstrar respeito pelo Peru: Cueva e Guerrero.

"Peru vem em um processo de crescimento com Gareca, conseguindo conquistas lindas para o país, para o futebol local, crescendo muito. Temos que ter precaução, o resultado que tiveram com o Brasil não significa nada, às vezes simples erros prejudicam toda a partida. Sabemos o trabalho que eles têm, conhecemos estrelas como Guerrero, Cueva, Farfán, que agora está lesionado, são grandes jogadores, grandes exemplos para muitas pessoas, muitos garotos, e temos que ter precaução", analisou Valverde, que é jogador do Real Madrid e propõe à seleção foco especial em Paolo Guerrero.

"Eles são um time muito aguerrido, muito forte, que joga muito pelos lados e tem um centroavante de classe mundial, que é Guerrero. É preciso ter cuidado com esse tipo de goleador."

Paolo Guerrero defende atualmente o Internacional, depois de passagens por Corinthians e Flamengo no futebol brasileiro. Já Cueva atuou no São Paulo e hoje veste a camisa do Santos. Segundo o lateral-direito Giovanni González, que atua no Peñarol e é adversário continental dos dois peruanos, todo cuidado é pouco: "São jogadores que exigem precauções, como toda estrela internacional. O Peru é uma seleção que merece respeito."

Concentradas em Salvador, as seleções de Uruguai e Peru ainda treinam amanhã de manhã, no Barradão e em Pituaçu, respectivamente, e encerram preparação para o duelo pelas quartas de final.

Mais Futebol