PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Técnico vê Argentina renovada após sofrimento: "Descarga de confiança"

Lionel Scaloni comanda treino da seleção argentina - EFE
Lionel Scaloni comanda treino da seleção argentina Imagem: EFE

Leo Burlá e Rodrigo Mattos

Do UOL, no Rio de Janeiro

27/06/2019 19h08

Após passar sufoco na primeira fase da Copa América, a Argentina carimbou sua vaga às quartas de final com a vitória por 2 a 0 sobre o Qatar, em jogo válido pela última rodada da fase de grupos

Na véspera do duelo contra a Venezuela, às 16h, no Maracanã, o discurso do técnico Lionel Scaloni foi de confiança e de alívio. O treinador disse que uma nova competição começa amanhã.

"Sabíamos que estaríamos nas quartas com uma vitória. Mas foi uma descarga de confiança, estamos confiantes que podemos avançar. Se respira um ar positivo e bom", garantiu ele.

Scaloni respondeu sobre o jejum de títulos da seleção, que não vence uma competição desde 1993, quando a equipe nacional levantou a Copa América. Para ele, houve um aumento do equilíbrio no futebol mundial:

"O futebol evoluiu. Emparelhou tudo, aí está a chave. A Argentina não ganha há muito tempo, as equipes te colocam em dificuldades".

A falta de troféus também foi comentada pelo atacante Lautaro Martínez. O jogador rechaçou que haja pressão extra, mas disse que há necessidade por uma conquista.

"Pressão não é a palavra, mas sim necessidade. O futebol argentino é muito grande, há muitos jogadores de qualidade", afirmou ele.

Esporte