PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Venezuela desencanta, despacha Bolívia e se classifica no grupo do Brasil

Machis comemora com Moreno depois de anotar o primeiro gol da Venezuela contra a Bolívia - Luis Acosta/AFP
Machis comemora com Moreno depois de anotar o primeiro gol da Venezuela contra a Bolívia Imagem: Luis Acosta/AFP

Do UOL, em São Paulo

22/06/2019 17h51

Classificação e Jogos

Marcando e tomando seus primeiros gols na Copa América, a Venezuela venceu hoje (22) a Bolívia por 3 a 1, no Mineirão, e carimbou presença nas quartas de final. Marcelo Moreno & cia. despedem-se do torneio com três derrotas nas três partidas disputadas nesta fase de grupos.

O camisa 7 vinho tinto Máchis foi o destaque do jogo. Aos 26 anos de idade, o atacante do modesto Cádiz, da segunda divisão espanhola, marcou dois gols em Belo Horizonte.

Para quem havia passado em branco nos jogos anteriores, contra Peru e Brasil, a Venezuela se mostrou bastante eficiente diante dos bolivianos. Com apenas um minuto de bola rolando, Hernández recebeu passe de Savarino pela direita e cruzou. Máchis se antecipou à zaga adversária e cabeceou para o fundo do gol.

Já na etapa complementar, foi a Venezuela quem voltou às redes. Desta vez em jogada individual, Máchis avançou pela esquerda, puxou para dentro deslocando a marcação e acertou lindo chute no ângulo esquerdo do goleiro Lampe, que chegou a tocar na bola mas não a impediu de morrer dentro do gol.

A Bolívia até esboçou reação ao diminuir o placar com gol de Justiniano, que bateu de primeiro no cantinho do goleiro Fariñez. Cinco minutos depois, porém, a Venezuela já estava de novo com a vitória assegurada: Josef Martínez, que havia entrado em campo no lugar de Máchis, aproveitou cruzamento de Soteldo e cabeceou para dentro do gol.

Classificada em segundo lugar do Grupo A aproveitando-se da derrota do Peru para o Brasil, a Venezuela agora espera a definição das posições do Grupo B para saber quem pega nas quartas - o jogo eliminatório está marcado para a próxima sexta (28), às 18h, no Maracanã. A Vinho Tinto enfrentará o vice-líder da chave que já tem Colômbia como primeira colocada - Paraguai, Catar e Argentina disputam a vaga.

Pior público da Copa América

O Mineirão registrou no fim de tarde de hoje o pior público da Copa América até aqui, com 4.640 torcedores pagantes e renda de R$ 631.605. Poucos minutos antes de a bola rolar, marcando presença na Arena Corinthians para o jogo entre Brasil e Peru, o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez minimizou os baixos públicos da competição dizendo se tratar na verdade de um recorde de audiência.

Esporte