Topo

Athletico faz final histórica com River Plate para confirmar 'novo patamar'

Marco Ruben fez o gol da vitória do Athletico sobre o River na Arena da Baixada - Gabriel Machado/AGIF
Marco Ruben fez o gol da vitória do Athletico sobre o River na Arena da Baixada Imagem: Gabriel Machado/AGIF

Do UOL, em Santos (SP)

30/05/2019 04h00

Fundado em 1924, o Athletico Paranaense precisou de quase 100 anos de história para conquistar o seu primeiro título internacional - a Copa Sul-Americana 2018. Menos de seis meses depois, o clube rubro-negro tem a chance não só de já ampliar essa marca hoje à noite, quando visita o River Plate-ARG no Monumental de Nuñez, às 21h30 (de Brasília), mas também de confirmar a mudança de patamar que alcança, com méritos, nos últimos anos.

Como venceu o jogo de ida na Arena da Baixada por 1 a 0, o Athletico está a apenas um empate de fazer história e levantar o troféu da Recopa Sul-Americana, título que apenas sete times brasileiros têm no currículo: São Paulo (1993 e 1994), Grêmio (1996 e 2018), Cruzeiro (1998), Internacional (2007 e 2011), Santos (2012), Corinthians (2013) e Atlético-MG (2014). Para entrar para este seleto grupo, precisa segurar o River Plate, que já levantou o caneco da competição em 2015 e 2016.

"Os títulos confirmam um trabalho bem feito. O Athletico vem em um ano importante, que ele muda de patamar, e confirmar isso com mais um título vale bastante. Espero que a gente consiga fazer um jogo em que as pessoas possam se lembrar dele daqui dez, 20 anos, comentar com os filhos e netos, e deixar marcado", afirmou o zagueiro em entrevista concedida ontem.

Além de títulos, alguns jogos específicos ajudam a colocar o Athletico em um patamar ainda mais elevado. Um exemplo é a sonora vitória sobre o poderoso Boca Juniors-ARG por 3 a 0 em Curitiba, pela Libertadores - os times voltam a se encontrar nas oitavas de final. A ótima fase fez até o principal jornal argentino, o Olé, tratar o time brasileiro como "terror de Boca e River".

"É um momento mágico do clube desde o final do ano passado com a conquista da Sul-Americana. São seis meses com a equipe competindo muito, jogando bem e conseguindo resultados expressivos. A gente vem para conquistar mais um título, mas, principalmente, jogar bem e provar que tem um time respeitado e que pode fazer uma noite histórica em Buenos Aires", acrescentou o experiente zagueiro, que será titular na noite de hoje.

O técnico Tiago Nunes não adiantou qual equipe entra em campo. O mais provável, porém, é que ele escale os mesmos jogadores que iniciaram a partida na Arena da Baixada. Thiago Heleno e Camacho, afastados por conta do caso de doping, seguem como desfalques.

RIVER PLATE-ARG X ATHLETICO PARANAENSE

Data: 30/05/2019 (quinta-feira)
Horário: 21h30 (de Brasília)
Local: Monumental de Nuñez, em Buenos Aires (ARG)
Árbitro: Roberto Tobar (CHI)
Assistentes: Christian Schiemann (CHI) e Claudio Rios (CHI)

RIVER PLATE-ARG
Franco Armani; Montiel, Martínez Quarta, Pinola e Angileri; Ponzio, Nacho Fernández, Pérez e Palacios; Borré e Lucas Pratto
Técnico: Marcelo Gallardo

ATHLETICO PARANAENSE
Santos; Jonathan, Paulo André, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington, Lucho González, Bruno Guimarães; Rony, Marco Ruben e Nikão.
Técnico: Tiago Nunes

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do publicado anteriormente nesta notícia, sete clubes conquistaram a Recopa Sul-Americana, já que o Atlético-MG ganhou o título de 2014. O erro foi corrigido.
ESPN, Ei PLus e Fox Sports

Assista aos jogos e programas de ESPN, EI Plus e Fox Sports sem TV a cabo.