PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Atlético quita dívida de R$ 2,7mi por Otero, que voltará ao clube em julho

Atacante não foi adquirido pelos árabes e voltará ao Atlético-MG a partir do mês de julho - Bruno Cantini/Atlético
Atacante não foi adquirido pelos árabes e voltará ao Atlético-MG a partir do mês de julho Imagem: Bruno Cantini/Atlético

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

29/05/2019 19h14

O Atlético-MG não tem mais pendências financeiras em relação ao atacante Rómulo Otero. O clube mineiro quitou a dívida que tinha de 620 mil euros (cerca de R$2,7 milhões) com o Huachipato, do Chile, ex-clube do jogador.

Durante a gestão de Daniel Nepomuceno, em 2016, o Galo contratou o jogador por empréstimo junto à equipe chilena. Na temporada seguinte, a diretoria resolveu exercer o direito de compra e ficar com o jogador em definitivo por 800 mil euros. Como a quantia não foi totalmente quitada, o clube chileno acionou o Atlético na Fifa, que estabeleceu o prazo para pagamento até o dia 30 de maio, na próxima quinta-feira. Se não realizasse o pagamento, o Atlético correria o risco de ser punido e ficar sem contratar e inscrever novos atletas.

Otero ficou no Atlético de 2016 até 2018. Há um ano, o clube emprestou o jogador ao Al Wehda, da Arábia Saudita, que aceitou pagar 5 milhões de euros pelo jogador. A equipe tinha o direito de compra, mas surpreendeu a diretoria atleticana ao escolher liberar o atacante após o fim do seu contrato. Desta forma, Otero é aguardado a partir do mês de julho e será um dos "reforços" do alvinegro após a pausa para a Copa América.

Atlético-MG