Topo

Diniz fala em 'atuação iluminada' e cita Messi e CR7 ao falar de João Pedro

Fernando Diniz celebra vantagem construída pelo Fluminense na Sul-Americana - Lucas Mercon/Fluminense FC
Fernando Diniz celebra vantagem construída pelo Fluminense na Sul-Americana Imagem: Lucas Mercon/Fluminense FC

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

24/05/2019 00h53

Após a vitória por 4 a 1 do Fluminense sobre o Atlético Nacional, da Colômbia, na noite de ontem (23), pela segunda fase da Copa Sul-Americana, Fernando Diniz, técnico tricolor, afirmou que o jovem atacante João Pedro teve uma atuação iluminada - ele marcou três gols - e o comparou aos dois atuais grandes nomes do futebol.

"A atuação foi iluminada, o que acontece com todos os grandes jogadores, Messi, Cristiano Ronaldo... Não é algo comum, tem de comemorar mesmo. É fruto de merecimento. Desde que cheguei, a maior competência que ele tem é a determinação e a maturidade que veio com precocidade", disse.

O técnico do time das Laranjeiras avaliou ainda o comportamento que os comandados tiveram no duelo, quando conseguiram construir o placar de 4 a 1 ainda no primeiro tempo e ser mais cauteloso no segundo.

"No segundo tempo, fizemos um jogo muito equilibrado e não fizemos um gol. No primeiro tempo, fizemos quatro gols e poderíamos ter levado alguns. Fizemos alguns ajustes. Eles só ficaram com a bola quando a gente permitiu. Tivemos chances cristalinas de marcar no segundo tempo, o que mostra o tamanho da nossa atuação", apontou.

Diniz celebrou a a vantagem com a qual vai para o jogo da volta, na briga por uma vaga nas oitavas, mas fez um alerta.

"Abrir 3 a 0 em 10 minutos é o sonho de qualquer treinador. O Atlético não está bem no campeonato local, mas tem tradição na América do Sul. Autuori é uma referência. A gente tem de ir para a Colômbia pensando em fazer o melhor para não sermos surpreendidos ", afirmou ele, que completou:

"Fico feliz por ganharmos com consistência e com maturidade. E não é de agora. Tivemos contra o Santos, que jogamos bem mesmo na derrota. Assim como para suportar os 3 a 0 sofrido pelo Grêmio. Foi suportar o resultado adverso e manter a forma de jogar".