PUBLICIDADE
Topo

Liverpool

De dancinhas a comemorações: por que Klopp é o técnico mais legal do mundo

Jurgen Klopp, técnico do Liverpool - Clive Brunskill/Getty Images
Jurgen Klopp, técnico do Liverpool Imagem: Clive Brunskill/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

08/05/2019 12h00

A incrível classificação do Liverpool para a final da Liga dos Campeões, após golear o Barcelona por 4 a 0 ontem (07), fez um nome ser exaltado pela mídia e torcida: Jürgen Klopp. O técnico foi apontado como o principal responsável pela virada, que parecia improvável após a derrota por 3 a 0 no jogo de ida.

Só que, além de ser um treinador de alto nível, Klopp também é um sujeito diferenciado fora de campo e se destaca por uma série de atitudes, que vão desde danças tradicionais de outros países até religião.

O UOL Esporte separou algumas atitudes que mostram como Klopp se tornou o treinador "mais legal do mundo".

Fez dancinha tradicional

Durante uma viagem do Liverpool para Sydney, na Austrália, o treinador não se intimidou com a cultura do país e tentou dançar com uma tribo local.

Comemora com a torcida

Klopp nunca deixa de agradecer a todos os torcedores que comparecem ao Anfield Road, estádio do Liverpool. Ele sempre dá um jeito de comemorar com a massa.

Incentiva o time como ninguém

A conversa com o time antes da partida contra o Barcelona teve o seguinte teor:

Dá o chamado "papo reto"

Antes de Philippe Coutinho deixar o Liverpool, Klopp teria dado o seguinte conselho ao brasileiro: "Fique aqui e eles um dia irão construir uma estátua em seu nome, vá para outro lugar, como Barcelona, Bayern ou Real Madrid, e você será apenas um jogador qualquer. Aqui você pode ser algo a mais".

Dobrou Mourinho

Até mesmo o treinador português, que não é reconhecido como o mais humilde do mundo, se rendeu ao alemão.

Tem um lado religioso

O treinador nunca escondeu ter um lado religioso, mesmo que isso não fique evidente durante os jogos do Liverpool. Certa vez, ele foi questionado sobre qual era a pessoa mais importante que já passou pelo mundo. Ele não teve dúvidas ao falar que foi Jesus Cristo.

E um lado político

Klopp não foge de questões políticas e gosta de se posicionar sobre o tema. Em entrevista ao "Westdeutsche Zeitung", ele deixou claro sua forma de pensar sobre o tema. "Creio no estado de bem-estar social". "Nunca pagarei um plano privado de saúde. Nunca votarei em um partido porque promete baixar os impostos", disse.

Além de tudo, é charmoso (na opinião da torcida)

Liverpool