PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Lucas Silva revela desejo de ficar, e Cruzeiro tentará acordo com o Real

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

06/05/2019 04h00

A poucos meses de terminar seu período de empréstimo do Real Madrid, o volante Lucas Silva tornou público seu desejo de permanecer no Cruzeiro. O jogador já conversou com o técnico Mano Menezes, que também quer mantê-lo na equipe. Agora, caberá à diretoria a tarefa de tentar se acertar com os espanhóis mais uma vez para deixar o jogador mais tempo em Minas Gerais.

Apesar do desejo de Lucas, sua permanência no clube não é tão simples. O atual contrato do jogador com o Real Madrid vai até a metade de 2020. Por isso, se liberar o jogador para ficar no Brasil, ele poderá assinar um pré-contrato com outro clube já no final do ano. Recentes publicações da imprensa espanhola noticiaram que o atleta não faz parte dos planos de Zidane, mas que a diretoria merengue quer fazer dinheiro com Lucas Silva para elevar sua verba de contratações para a temporada 2019/2020.

"Ainda não tem nada, mas eu já tive uma rápida conversa com o Mano. Ele disse que não queria perder ninguém do elenco, eu ressaltei minha vontade de permanecer. Ele falou que iria passar isso para a diretoria. Desde que eu voltei ao Cruzeiro, esse é o plantel mais qualificado que tivemos. Isso me motiva a permanecer. Me sinto em casa, o contrato está perto do fim, perto da reunião com o Real. Mas ressalto que meu desejo é de ficar", comentou o jogador, após a vitória por 2 a 1 contra o Goiás, na tarde de ontem.

A manifestação de Lucas Silva mostra uma mudança de pensamento do jogador, que antes não escondia o desejo de voltar a atuar na Europa. Porém, vale lembrar que o volante foi adquirido pelo Real por 14 milhões de euros em 2015. Se a intenção dos espanhóis é fazê-lo virar uma moeda de troca, o Cruzeiro precisaria pagar pelo menos uma quantia que agradasse à diretoria galáctica. Um novo empréstimo de um ano está descartado, a menos que o Real abrisse mão do jogador.

"Eu procuro sempre trabalhar com uns dois meses na frente. O Cruzeiro também tem essa visão. Você tem que começar a trabalhar antes porque as coisas são mais complexas, envolve direitos econômicos de outro clube, que é um grande da Europa, e envolve os interesses do Lucas e do Cruzeiro. Já tivemos uma conversa preliminar com ele e passei para o nosso vice-presidente de futebol. Como é algo interno, vamos manter isso de forma interna para tentar decidir de forma boa para todo mundo. O Lucas é um bom jogador, gosta de estar no Cruzeiro. Estamos com um caminho andado, mas sempre vamos depender do Real, que detém os direitos. E aí será uma conversa mais para frente", comentou Mano Menezes.

Além de Lucas Silva, o treinador conta hoje com pelo menos outros quatro concorrentes de peso no meio-campo defensivo. Os atuais volantes titulares são Henrique e Lucas Romero. No banco, o treinador ainda conta com Ariel Cabral e Jadson, contratado nesta temporada. Correndo por fora, aparece também o jovem Éderson, promovido recentemente ao plantel principal.

Cruzeiro