Topo

Esporte


Racismo de torcedores contra a Inglaterra gera punição para Montenegro

Danny Rose, lateral do Tottenham e da seleção inglesa, foi alvo dos torcedores - Action Images via Reuters/Paul Childs
Danny Rose, lateral do Tottenham e da seleção inglesa, foi alvo dos torcedores
Imagem: Action Images via Reuters/Paul Childs

Do UOL, em São Paulo (SP)

26/04/2019 14h38

O comportamento racista de alguns torcedores contra jogadores da seleção inglesa custou caro para a seleção de Montenegro. Hoje (26), a Uefa anunciou a punição para a equipe dos Balcãs, que vai mandar o próximo jogo pelas eliminatórias para a Euro, contra Kosovo, em junho, com os portões fechados.

O caso de racismo ocorreu na derrota por 5 a 1 para a Inglaterra. Enquanto a semifinalista da última Copa do Mundo goleava, torcedores montenegrinos entoavam gritos racistas para jogadores ingleses.

O principal alvo do comportamento preconceituoso era o ala Danny Rose, do Tottenham, e o atacante Raheem Sterling, do Manchester City. O lateral esquerdo, inclusive, chegou a cogitar a aposentadoria ao ser alvo de racismo.

Além da punição esportiva, a federação de Montenegro será obrigada a exibir uma faixa com a mensagem "Igualdade no jogo". A entidade máxima do futebol europeu também multou a entidade em R$ 87 mil.

Mais Esporte