PUBLICIDADE
Topo

Flu não tem certidões, e contrato com Maracanã será assinado só pelo Fla

Flamengo e Fluminsne serão os responsáveis pela administração do Maracanã - Divulgação/Fluminense
Flamengo e Fluminsne serão os responsáveis pela administração do Maracanã Imagem: Divulgação/Fluminense

Do UOL, no Rio de Janeiro

10/04/2019 12h22

A parceria entre a dupla Fla-Flu continua, mas para efeitos legais apenas o Rubro-negro assinará o contrato de gestão provisória do Maracanã com o Governo do Estado do Rio de Janeiro. O Tricolor não possui as CNDs (Certidão Negativa de Débito) necessárias para formalizar o processo.

Desta forma, o clube das Laranjeiras entrará como interveniente no documento. O Flamengo será o responsável pela assinatura, pois possui a autorização legal para o vínculo. Na prática, no entanto, nada muda. A proposta conjunta dos clubes de administração do Maracanã continua.

O Flamengo, inclusive, vota hoje no Conselho Deliberativo o contrato de administração provisória do Maracanã. E depois também colocará em análise a parceria com o Tricolor das Laranjeiras.

O Governo do Rio de Janeiro aceitou a proposta de Flamengo e Fluminense, que serão os gestores do Maracanã por seis meses. O prazo poderá ser prorrogável pelo mesmo período após o encerramento da primeira etapa.

Os clubes arcarão com o custo fixo de R$ 2 milhões por mês e ainda pagarão cerca de R$ 160 mil mensais ao Estado. Por outro lado, terão as receitas da exploração do estádio, incluindo bares, tour e demais pontos.

Futebol