PUBLICIDADE
Topo

Strasbourg coloca água no chopp e adia título do PSG no Francês

Do UOL, em São Paulo

07/04/2019 17h51

O PSG tinha todo cenário favorável para conquistar o título do Campeonato Francês 2018/19 hoje (7), mas apenas empatou em 2 a 2 com o Strasbourg, em pleno Parque dos Príncipes e viu a festa ser adiada. Atuando em casa contra um time com poucas ambições, os parisienses tiveram atuação fraca. Nuno da Costa e Gonçalves fizeram para o visitantes, enquanto Chuopo-Moting e Kehrer marcaram para os donos da casa.

O time vermelho e azul até começou bem e saiu na frente do marcador, mas viu o Strasbourg virar em uma sequência de contragolpes e jogadas de bola parada. No segundo tempo, Kehrer até empatou. O resultado, no entanto, não foi suficiente para dar o título ao PSG.

Restando sete rodadas para o término do campeonato - o PSG tem um jogo a menos -, o time de Paris chega aos 81 pontos, vinte a mais que o vice-líder Lille.

O próximo compromisso dos comandados de Thomas Tuchel será justamente diante do Lille, no próximo domingo (14), fora de casa, pela liga nacional. Se empatar, o PSG será campeão. Na zona intermediária da tabela, o Strasbourg recebe um dia antes o Guingamp.

Os melhores: Gonçalves e Lala

Os dois jogadores foram os responsáveis pelos contragolpes mais perigosos do Strasbourg. Pelas pontas, Gonçalves e Lala incomodaram frequentemente a defesa do time da casa. O primeiro, inclusive, foi responsável por marcar belo gol.

O pior: Kurzawa

O lateral-esquerdo do PSG sofreu muito com as investidas em seu setor. Mal na partida, foi substituído no segundo tempo.

Paciente, PSG sai na frente em bela jogada

PSG comemora primeiro gol contra o Strasbourg - POUJOULAT / AFP - POUJOULAT / AFP
Imagem: POUJOULAT / AFP

O time da casa comandou as ações no início do jogo. Empurrando o adversário contra o seu próprio campo, o PSG rodou a bola com paciência até encontrar espaços na defesa do rival, montado no defensivo sistema 5-3-2. Em lindo passe de Paredes, a jogada que o time tanto tramava saiu. Aos 13, o italiano enfiou bela bola para Dagba, que cruzou por baixo para Chuopo-Moting marcar.

Strasbourg encaixa contragolpes e empata

Baseada no contra-ataque, a estratégia definida pelo clube do nordeste da França passou a dar certo a partir dos 20 minutos. Primeiro, Nuno da Costa recebeu à frente da área após jogada pela esquerda, mas bateu por cima. Logo depois, ele não perdoou: Golçalves disparou e tocou para o atacante de Cabo Verde, que bateu no canto esquerdo de Buffon.

Incrível! Chuopo-Moting evita gol dos parisienses

Chuopo-Moting perde gol incrível - Anne-Christine POUJOULAT / AFP - Anne-Christine POUJOULAT / AFP
Imagem: Anne-Christine POUJOULAT / AFP

Dois minutos após sofrer o empate, Chuopo-Moting protagonizou um lance inacreditável, desperdiçando ótima chance para a equipe azul e vermelha. Nkunku tocou por cima do arqueiro e a bola estava quase ultrapassando a linha, quando seu companheiro de ataque se atrapalhou e jogou de zagueiro em um lance inusitado.

Visitantes viram com golaço

O PSG diminuiu o ritmo, perdeu o controle do jogo e viu os visitantes ficarem à frente do placar aos 37. Após cobrança de escanteio de Lala, a defesa parisiense rebateu para fora da área. Na sobra, Gonçalves acertou um bonito chute de três dedos, no canto esquerdo do experiente goleiro italiano.

Bernat tira tinta da trave

O PSG continuou sofrendo com os contragolpes no retorno do intervalo, mas quase deixou tudo igual aos 8. Daniel Alves, pouco participativo na primeira etapa, levantou para Chuopo-Moting, que ajeitou de cabeça para Bernat rente ao poste esquerdo do goleiro.

PSG pressiona após entrada de Mbappé e Draxler

Mbappé em ação pelo PSG - POUJOULAT / AFP - POUJOULAT / AFP
Imagem: POUJOULAT / AFP

Percebendo a falta de poder ofensivo de seu time, Thomas Tuchel colocou Mbappé e Draxler em campo. As alterações surtiram efeito e a equipe de Paris quase marcou aos 23. Bernat recebeu na esquerda de Mbappé e levantou para Daniel Alves, que emendou um lindo voleio na trave.

Empate sai em bola parada

O PSG batalhou até o fim e conquistou o empate através da bola parada. Após cruzamento no meio da área, Kehrer, que havia acabado de entrar no lugar de Nkunku, subiu sozinho e cabeceou para o fundo do gol.

Neymar na tribuna

Neymar assiste ao jogo do PSG -  FRANCK FIFE / AFP -  FRANCK FIFE / AFP
Imagem: FRANCK FIFE / AFP

Dois meses e meio após a lesão no quinto metatarso do pé direito, Neymar está perto de voltar a vestir a camisa do PSG. Neste sábado, o atacante brasileiro esteve presente no Parque dos Príncipes e assistiu ao jogo do camarote do estádio.

Com Mbappé no banco, ataque fica sem estrelas

Além de não poder contar com os lesionados Neymar, Di Maria e Cavani, Thomas Tuchel preservou Mbappé e promoveu as entradas de atacantes pouco badalados. Nkunku, jovem revelado pela base do clube, e Chuopo-Moting formaram a dupla ofensiva titular do time da capital.

FICHA TÉCNICA

PARIS SAINT-GERMAIN 2 X 2 STRASBOURG

Data e hora: 07 de abril de 2019, às 16 horas (Horário de Brasília)

Local: Estádio Parque dos Príncipes, em Paris (França)

Árbitro: Thomas Léonard

Auxiliares: Alexandre Viala e Yannick Boutry

Gols: Chuopo-Moting, aos 13' do 1º tempo (PSG) e Kehrer, aos 35' do 2º tempo; Nuno da Costa, aos 25' do 1º tempo e Gonçalves, aos 37' do 1º tempo (Strasbourg)

Cartão amarelo: Lala (Strasbourg)

PSG: Buffon; Dagba, Thiago Silva, Kimpembe e Kurzawa (Draxler); Verratti, Paredes, Daniel Alves e Bernat; Chuopo-Moting (Mbappé) e Nkunku (Kehrer). Técnico: Thomas Tuchel.

Strasbourg: Sels; Lala, Martínez, Mitrovic, Caci e Carole; Prcic, Sissoko e Gonçalves (Lienard); Ajorque (Mothiba) e Nuno da Costa (Grandsir). Técnico: Thierry Laurey.

Esporte