Topo

Esporte


City vence com gol de Gabriel Jesus e vai à final da Copa da Inglaterra

Do UOL, em São Paulo

06/04/2019 15h17

O Manchester City confirmou o favoritismo, bateu o Brighton por 1 a 0 hoje (6) e garantiu sua vaga na final da Copa da Inglaterra. Em Wembley, o time comandado por Joseph Guardiola não teve grande atuação, mas superou o adversário com gol de Gabriel Jesus.

Os Citizens abriram o placar cedo com Gabriel Jesus de peixinho, mas não imprimiram pressão suficiente para encaminhar a classificação de maneira mais tranquila. O Brighton, por sua vez, até ensaiou uma reação no segundo tempo, mas não foi capaz de levar a disputa para os pênaltis.

Agora, o Manchester City aguarda o vencedor da partida entre Watford e Wolverhampton, que acontecerá amanhã, para conhecer o seu rival na decisão da FA Cup, marcada para o dia 17 de maio.

O próximo compromisso da equipe de Manchester está agendado para terça-feira (9), quando visitam o Tottenham, no jogo de ida da Liga dos Campeões. Já o Brighton terá a "semana cheia" e só retorna ao campo no sábado (13) para receber o Bournemouth, em confronto válido pelo Campeonato Inglês.

O melhor: Laporte

O zagueiro foi fundamental no triunfo do Manchester City. Além de iniciar a jogada do gol de Gabriel Jesus, Laporte salvou o time de um empate ao tirar a bola praticamente em cima da linha.

O pior: Murray

O Brighton até melhorou o seu rendimento no decorrer do confronto, mas não graças ao atacante Murray. Ineficaz, o camisa 17 foi substituído para a entrada de Andone no segundo tempo.

Gabriel Jesus abre o placar de cabeça

Reuters/John Sibley
Imagem: Reuters/John Sibley

Substituindo Sergio Aguero, que se recupera de uma lesão na coxa, Gabriel Jesus aproveitou novamente a oportunidade recebida entre os titulares. Logo no início do confronto, os Citizens abriram o placar com o brasileiro. Aos 3, Laporte lançou da defesa para Bernardo Silva, que ajeitou a bola para De Bruyne. O belga cruzou na medida para Jesus, que completou de peixinho para o fundo do gol.

Na última quarta-feira, o atacante também jogou entre os 11 principais e não desapontou ao dar assistência para Sané marcar no triunfo diante o Cardiff, em duelo disputado pela Premier League.

VAR não expulsa lateral do City

REUTERS/David Klein
Imagem: REUTERS/David Klein

Aos 28 minutos, Walker se estanhou com o atacante Jahanbakhsh após disputa de bola, e chegou a encará-lo, dando um empurrão no atleta do Brighton. Após os dois serem advertidos com o cartão amarelo, o Árbitro de Vídeo (VAR) entrou em ação para decidir se o ala merecia ser expulso. A decisão de Anthony Taylor, no entanto, foi mantida e o jogador do Manchester City permaneceu em campo.

City 'esfria' o jogo e não força

Na frente do marcador, o City passou o administrar o resultado no primeiro tempo controlando a posse de bola e trocando passes, mas sem criar chances. Assim, o espectador do confronto passou a assistir um duelo morno e com poucas emoções. Os Gaivotas, por sua vez, arriscaram alguns contra-ataques com Propper e Jahanbakhsh, mas não incomodaram o goleiro Ederson.

Brighton volta melhor e anima torcida

O time treinador por Chris Hughton mudou completamente de postura e retornou do intervalo mais agressivo. Adiantando a sua marcação, o Brighton montou uma blitz e por pouco não deixou o confronto igual aos 8. Após cobrança de escanteio, Ederson saiu mal de sua meta e Duffy desviou de cabeça. Antes que Murray completasse para as redes, Laporte afastou o perigo. O bom momento da equipe animou os torcedores dos Gaivotas, que começaram a cantar mais alto em Wembley.

Por 'equilíbrio', Guardiola lança Fernandinho

REUTERS/Jon Super
Imagem: REUTERS/Jon Super

Pep Guardiola certamente ficou assustado com a queda de rendimento de seu time na segunda etapa. Com a mudança de comportamento do rival, a partida ficou franca e imprevisível. Assim, o comandante colocou Fernandinho, seu homem de confiança, no lugar de De Bruyne, buscando dar mais consistência ao meio de campo do City. Enquanto o brasileiro se preparava para entrar, Sterling chutou firme e exigiu bela defesa de Ryan.

Segundo gol fica no quase

Com o placar indefinido, o Manchester City por pouco não ampliou no fim. Danilo, em chute de fora da área, e Sterling, parando no goleiro, assustaram nos últimos lances da partida.

Francês volta ao time após polêmica

O lateral-esquerdo Benjamin Mendy voltou a vestir a camisa do City após colocar o seu futuro no clube em dúvida. No último sábado, vídeos do jogador curtindo uma balada até o amanhecer circularam nas redes sociais, o que gerou polêmica em Manchester. Hoje, no entanto, o francês foi utilizado por 78 minutos.

FICHA TÉCNICA

MANCHESTER CITY 1 X 0 BRIGHTON

Data e hora: 06 de abril de 2019, às 13h30 (Horário de Brasília)

Local: Estádio Wembley, em Londres (Inglaterra)

Árbitro: Anthony Taylor

Gol: Gabriel Jesus, aos 3' do 1º tempo

Cartões amarelos: Walker e Danilo (Manchester City); Jahanbakhsh e Dunk (Brighton)

Manchester City: Ederson; Walker (Danilo), Otamendi, Laporte e Mendy (Stones); Gundogan, Silva e De Bruyne (Fernandinho); Bernardo Silva, Sterling e Gabriel Jesus. Técnico: Joseph Guardiola.

Brighton: Ryan; Montoya, Duffy, Dunk, Bernardo; Stephens, Propper, Knockaert, e Jahanbakhsh (Izquierdo) e Bissouma (Locadia); Murray (Andone). Técnico: Hughton.

Mais Esporte