Topo

Futebol


Febre diminui, mas Pelé passará a noite em observação em hospital em Paris

Pelé, durante evento com Mbappé - Marc Piasecki/Getty Images
Pelé, durante evento com Mbappé Imagem: Marc Piasecki/Getty Images

João Henrique Marques

Do UOL, em Paris (FRA)

03/04/2019 16h35

Pelé passará a noite em observação em um hospital em Paris, na França. O "Rei do Futebol" foi internado após sentir febre. Ele foi para a cidade europeia para um encontro com Kylian Mbappé, do PSG.

O ex-jogador foi medicado e a febre diminuiu. Por causa da idade de Pelé (78), foi decidido que ele não deixaria o hospital hoje.

A saúde de Pelé tem sido motivo de preocupação nos últimos anos. Em 2014, ele foi internado com infecção urinária. Já em 2016, ele não conseguiu ir à Cerimônia de Abertura da Olimpíada por falta de condições físicas. Em 2017, o ídolo do futebol mundial foi ao sorteio da Copa do Mundo em uma cadeira de rodas.

A reunião com Mbappé estava marcada para o ano passado. Ela, porém, teve que ser adiada também por problemas com a saúde de Pelé.

No encontro de ontem, Pelé rasgou elogios a Mbappé. O "Rei do Futebol" chegou a dizer, inclusive, que acredita que o francês possa terminar a carreira com mais de 1000 gols.

"É possível que ele chegue aos 1.000 gols. Para mim foi possível. Então, acho que 1.000 gols é uma marca possível para ele", afirmou o "Rei do Futebol" à AFP.

Mbappé conhece Pelé e diz ser difícil superar mil gols

Band Notí­cias

Mais Futebol