PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Ceará e Fortaleza se acertam com Governo por gestão da Arena Castelão

Portal da Copa
Imagem: Portal da Copa

Do UOL, em Santos (SP)

15/03/2019 16h00

O presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, e o do Ceará, Robinson de Castro, fecharam na última terça-feira (12) um acordo com o Governo do Estado para que os dois times possam gerir a Arena Castelão em dias de jogos.

O acordo foi firmado com o governador do estado, Camilo Santana, e a expectativa, de acordo com o secretário do Esporte, Rogério Pinheiro, é de que uma nova licitação PPP (Parceria Público-Privada) seja lançada até julho de 2019.

Atualmente, os dois rivais cearenses administram o estádio jogo a jogo. Desde dezembro, quando o contrato firmado com a Luarenas se encerrou e o governo estadual retomou a administração do Castelão, Fortaleza e Ceará fizeram uma negociação em conjunto e estão operando catracas, bares e estacionamentos do estádio com uma única empresa nos dias de jogos.

Os contratos são feitos jogo a jogo também com o time mandante e o aluguel é variável de acordo com o público presente na partida. O Governo do Estado faz a inspeção (com manutenção e limpeza) antes e depois da partida, e qualquer problema ou observação é passada para os clubes, que pagam indenização.

Caso a licitação seja lançada em julho, a ideia é criar uma empresa que possa participar da disputa pela gestão da arena pelos próximos 20 anos, tornando o Castelão no primeiro estádio público da Copa do Mundo de 2014 gerido por clubes.

"Para nós, o acordo significa uma estabilidade na maneira de se medir os custos e receitas que serão aferidas, tendo em vista que em dia de jogo nós que vamos administrar o estádio estabelecendo um porcentual único de cobrança na bilheteria, podendo explorar toda a Arena com ativações, publicidade, bares e estacionamento. Assim, podemos nos planejar melhor com custo único de aluguel do espaço", afirma o presidente do Fortaleza, Marcelo Paz.

Para Marcelo Paz, no entanto, com uma boa gestão de Fortaleza e Ceará neste formato estabelecido, não se faz necessária a licitação.

A relação entre Fortaleza e Ceará fora dos gramados chama a atenção. Além do Castelão, os dois compartilham um patrocinador - a Alubar, fabricante de cabeamento elétrico de alumínio - e também trabalham com a hipótese de criar uma zona de torcida mista no clássico marcado para este domingo (17), válido pela Copa do Nordeste.

"O bom entendimento que as diretorias de Fortaleza e Ceará têm hoje nos permite traçar estratégias que são interessantes para ambos os clubes", completa Paz.

Futebol