PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ingleses são maioria, mas Messi e CR7 ainda mandam na Liga dos Campeões

Cristiano Ronaldo e Messi brilharam nas oitavas de final da Champions - Alberto Lingria/Reuters e PAU BARRENA / AFP
Cristiano Ronaldo e Messi brilharam nas oitavas de final da Champions Imagem: Alberto Lingria/Reuters e PAU BARRENA / AFP

Do UOL, em São Paulo

14/03/2019 04h00

Os classificados às quartas de final da Liga dos Campeões estão definidos. O domínio é da Inglaterra, com quatro representantes, mas as oitavas deixaram claro que Messi e Cristiano Ronaldo ainda mandam na Champions.

Domínio inglês

Manchester United, Manchester City, Liverpool e Tottenham são os clubes ingleses desde a fase de grupos desta Champions. Todos se classificaram às oitavas e agora seguem vivos nas quartas.

Massacre do City

O maior show nas oitavas foi do Manchester City. A equipe de Guardiola venceu o Schalke na ida por 3 a 2, na Alemanha, e massacrou o adversário na volta: 7 a 0, com gol de Gabriel Jesus.

United derruba PSG

O Manchester United foi o protagonista de uma das maiores zebras da competição. Os Red Devils perderam a ida, em casa, por 2 a 0, mas reagiram em Paris e eliminaram o badalado PSG com a vitória por 3 a 1 em pleno Parque dos Príncipes.

UNITED! UNITED! UNITED!

A post shared by Manchester United (@manchesterunited) on

Olé do Mané

Foi graças ao senegalês que o Liverpool se garantiu nas quartas. Depois de empate sem gols em casa na ida, os Reds visitaram o Bayern de Munique e venceram por 3 a 1, com dois de Mané, o primeiro um golaço com direito a drible de costas em Neuer.

"Quais três palavras você usaria para descrever o primeiro gol de Sadio Mane?"

Tottenham, o sumido

Do quarteto inglês, o Tottenham foi o primeiro a se classificar às quartas. Com um gol solitário de Kane, os Spurs venceram o Borussia Dortmund na volta, mas nem precisavam de tanto após um 3 a 0 em Wembley. Mauricio Pochettino fez o clube de Londres voltar às quartas da Champions depois de seis anos.

JOB. DONE. #COYS #THFC

A post shared by Tottenham Hotspur (@spursofficial) on

CR1, CR2 e CR3

A Juventus contratou Cristiano Ronaldo com um objetivo claro: vencer a Liga dos Campeões. O português justificou o investimento dos italianos na partida de volta contra o Atlético de Madri. A Velha Senhora perdeu a ida por 2 a 0, na Espanha. Para se manter viva, precisava vencer por três gols de diferença. E assim foi feito: hat-trick do português, 3 a 0 e vaga nas quartas. Quem sentiu saudades foi o Real Madrid, atual tricampeão do torneio e agora eliminado pelo Ajax após goleada em pleno Santiago Bernabéu.

Facebook caiu? O Barça e o Messi não!

Messi não deixou por menos a atuação histórica de CR7 e tratou de colocar o Barça nas quartas com louvores: ele abriu o placar contra o Lyon com pênalti de cavadinha e até viu os franceses assustarem no início do segundo tempo, quando o placar ficou 2 a 1. O empate era do Lyon. Mas aí o argentino fez um golaço, deu duas assistências e comandou a goleada por 5 a 1 para mostrar que a Champions não é só de Cristiano Ronaldo.

Esporte