Topo

Eurico vomitou durante madrugada e sofreu broncoaspiração antes de morrer

Corpo de Eurico Miranda foi velado na capela Nossa Senhora das Vitórias, em São Januário - Marcello Dias/Eleven/Estadão Conteúdo
Corpo de Eurico Miranda foi velado na capela Nossa Senhora das Vitórias, em São Januário
Imagem: Marcello Dias/Eleven/Estadão Conteúdo

Pedro Ivo Almeida

Do UOL, em São Paulo

14/03/2019 04h00

Muito debilitado por conta da luta contra dois tumores no cérebro, Eurico Miranda morreu após sofrer uma broncoaspiração - quando saliva, líquido, comida ou vômito entram pelas vias respiratórias e sufocam a vítima - enquanto descansava em casa na manhã da última terça-feira (12). Ele já tinha passado mal na noite anterior e vomitado durante a madrugada, sofrendo com o problema horas depois. O ex-presidente do Vasco ainda foi levado de ambulância para um hospital. Lá, com o dirigente em situação gravíssima, médicos da emergência sugeriram entubá-lo nas últimas tentativas para manter sua vida. Diante de tamanho sofrimento, filhos e esposa decidiram que não seria necessário.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, acesse a coluna De Primeira.