PUBLICIDADE
Topo
Comprar ingresso
Comprar ingresso

Corinthians

Árbitro relata papeis brilhantes em súmula e culpa Corinthians por atraso

Funcionários limpam o gramado dos papeis laminados que atrasaram o início da partida na Arena Corinthians - Marcelo Zambrana/Agif
Funcionários limpam o gramado dos papeis laminados que atrasaram o início da partida na Arena Corinthians
Imagem: Marcelo Zambrana/Agif

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

11/03/2019 13h44

A chuva de papel picados brilhantes responsável por atrasar o início do clássico entre Corinthians x Santos, disputado ontem (10), na Arena Corinthians, acabou registrada como uma ocorrência por Douglas Marques das Flores. Na súmula do duelo, o árbitro do confronto válido pela 10ª rodada do Campeonato Paulista culpou o time da casa pelo início da partida fora do horário previamente marcado das 16h (de Brasília).

"Atraso no início da partida em virtude dos papeis picados brilhantes que impossibilitavam a visualização das linhas da área penal. Estes papeis foram soltos pelo Corinthians", escreveu o árbitro no documento oficial do confronto, disponibilizado pela Federação Paulista de Futebol.

A ação promovida pelo Corinthians atrasou o início do duelo em quase 15min. Funcionários do clube entraram no gramado para afastar os papeis das linhas da área localizada próximo ao Gol Norte, setor do estádio sem cadeiras e que concentra as torcidas organizadas corintianas.

A festa, entretanto, saiu do controle na visão da arbitragem. Antes de iniciar a partida, as autoridades exigiram a limpeza das linhas da área para começar o último clássico das duas equipes por esta primeira fase do estadual.

Em campo, Corinthians e Santos não saíram do empate sem gols, resultado suficiente para manter ambos os clubes na liderança das suas respectivas chaves no Paulistão.

A responsabilidade do clube, segundo o documento assinado pela arbitragem, pode custar uma punição ao Corinthians. De acordo com o artigo 206 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), o atraso deve render uma multa ao clube alvinegro da capital por cada minuto além do horário previsto para o jogo.

Segundo o regulamento, a multa pode chegar a até R$ 1 mil por minuto para o clube de Parque São Jorge. O Corinthians ainda corre o risco de ser denunciado pelo Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP).

Corinthians