PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Tuchel pede para PSG ignorar jogo de ida e se impor contra United

Thomas Tuchel comemora vitória do PSG sobre o Manchester United com afago em Kylian Mbappé - Franck Fife/AFP
Thomas Tuchel comemora vitória do PSG sobre o Manchester United com afago em Kylian Mbappé Imagem: Franck Fife/AFP

João Henrique Marques

Colaboração para o UOL, de Paris

05/03/2019 16h35

Thomas Tuchel falou forte na entrevista coletiva que antecede o duelo entre Paris Saint-Germain e Manchester United, pela volta das oitavas de final da Liga dos Campeões, amanhã, no Parque dos Príncipes. O treinador do PSG cobrou atenção do time com o pedido para ignorar a vantagem de 2 a 0 do jogo de ida e focar em um novo triunfo. 

LEIA MAIS

"Claro que um cenário ideal é fazermos um gol no começo. Mas o que quero do meu time é o famoso 0 a 0. Começar como se nada tivesse acontecido, e nos impor no campo de ataque. Não adianta administrar uma vantagem diante de um time tão perigoso como o Manchester. Precisamos repetir a vitória", destacou Tuchel.

"Já conversei com o elenco até sobre o fato de sairmos em desvantagem. Não adianta ter desespero. Aqui eu quero calma e sabedoria. Repetir o nível de atuação na Inglaterra é obrigação", complementou.

As palavras de Tuchel já foram assimiladas pelo zagueiro Thilo Kheler. Foi ele o responsável por dar entrevista coletiva em nome do elenco logo depois: "Nós já ouvimos um pedido para nos impor e jogar como na Inglaterra. O Tuchel confia muito no nosso potencial e precisamos mostrar que a nossa capacidade segue alta. É jogar como se estivesse 0 a 0 e ganhar o jogo", destacou Kherer.

Esporte