PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Na volta de Kepa, Chelsea vence Fulham e pressiona rivais no Inglês

Eddie Keogh/Reuters
Imagem: Eddie Keogh/Reuters

Do UOL, em São Paulo

03/03/2019 12h59

O Chelsea visitou o Fulham, neste domingo (3), em clássico do Oeste Londrino, e fez a lição de casa: vitória por 2 a 1 no estádio Craven Cottage. A partida marcou o retorno do goleiro Kepa Arrizabalaga ao posto de titular do Chelsea, após um jogo de "gancho" depois de se envolver em polêmica com o técnico Maurizio Sarri ao se recusar a deixar o campo na final da Copa da Liga Inglesa contra o Manchester City.

Em seu retorno, Kepa realizou defesas milagrosas e ajudou o Chelsea a chegar aos 56 pontos. Com a vitória, os Blues mantiveram-se na sexta colocação, mas, agora, a apenas um ponto do rival Arsenal, quinto colocado com 57 pontos e um jogo a mais que o Chelsea - o Manchester United, terceiro colocado, soma 58.

Contra o penúltimo colocado do Campeonato Inglês, o Chelsea começou dominando o duelo, mas rapidamente o Fulham adotou postura ofensiva e deu mais equilíbrio ao jogo. Aos 20 minutos, o brasileiro Willian começou jogada em velocidade na direita e encontrou Azpilicueta, que deu passe na medida para o centroavante Higuain bater de primeira e abrir o placar - minutos depois de desperdiçar duas boas chances na pequena área. 

Kepa Arrizabalaga, goleiro do Chelsea - John Sibley/Reuters - John Sibley/Reuters
Imagem: John Sibley/Reuters

Sem se abalar, o Fulham rapidamente avançou sua marcação e passou a pressionar o Chelsea. Após polêmica, Kepa mostrou confiança e fez boas defesas. Em forte chute de Mitrovic, o goleiro espanhol mandou a bola para escanteio em defesa sensacional com apenas uma mão. No entanto, na bola parada, a defesa dos Blues se posicionou muito mal e deixou Chambers livre para empatar. 

Apostando suas fichas no ataque e na vacilante zaga do Chelsea, o Fulham manteve o ímpeto ofensivo, mas pagou o preço. Após roubar a bola no meio de campo, Jorginho armou contra-ataque e apareceu para finalizá-lo, ao chutar no ângulo esquerdo do goleiro Rico para anotar o segundo gol do Chelsea. 

O jogo perdeu emoção e, principalmente, velocidade no segundo tempo. Com a vantagem no placar, o Chelsea deu mais atenção ao setor defensivo, e permitiu com que o Fulham rondasse o setor. Na melhor chance que o time da casa teve, Kepa voltou a fazer defesa sensacional ao salvar arremate de fora da área. Já nos últimos minutos, o goleiro espanhol realizou outro milagre: defesa no canto após cabeceio de Mitrovic. No último minuto de jogo, Sessegnon, em impedimento, balançou as redes, mas a arbitragem marcou a irregularidade, para protesto da torcida do time da casa. 

Esporte