PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Mal na frente, pior atrás: Arrascaeta destoa de reforços milionários no Fla

Siga o UOL Esporte no

Do UOL, no Rio de Janeiro

01/03/2019 04h00

Arrascaeta chegou com status de reforço mais caro do futebol brasileiro: 15 milhões de euros (cerca de R$ 63,7 milhões). A expectativa era enorme e, até agora, o uruguaio ainda não conseguiu corresponder o esperado. Foi apenas um gol em seis jogos, desempenho um tanto quanto decepcionante pela forma como o apoiador chegou ao Rubro-negro.

O problema maior, porém, ocorre na saída de bola. O uruguaio é um dos responsáveis por receber a bola dos zagueiros e iniciar as jogadas do time. A questão é que ele já cometeu dois erros parecidos e que resultaram em gols dos adversários. 

O primeiro e mais importante ocorreu contra o Fluminense, quando foi desarmado pelo time adversário na intermediária e viu Luciano marcar o único gol do jogo, eliminando o Flamengo já nos acréscimos. Na oportunidade, o técnico Abel Braga deixou claro que a situação seria conversada internamente, mas que não poderia haver uma caça às bruxas.

O erro, no entanto, se repetiu na última quinta-feira, no triunfo sobre a Portuguesa. Arrascaeta recebeu passe de Renê cercado por dois adversários e errou o domínio. A bola espirrou e sobrou nos pés de PK que marcou para os donos da casa. No banco de reservas, Abel Braga fez cara de quem não gostou, mas sem maiores dramas.

"Não preocupa. Não era para ele estar ali. É um meia ofensivo. Fez uma grande partida, correu muito, abriu muito espaço pela direta, especialmente no segundo tempo. Depois foi para dentro. Temos que nos preocupar porque temos um jogo diferente na terça-feira. Claro que chamamos atenção, mas temos que dar força. Tem uma qualidade muito grande e foi muito bem na partida. Naquele lance, a bola veio ruim, quicando. Daqui a pouco começa a dar assistências e fazer gols", explicou o treinador.

Após duas rodadas, o Flamengo soma seis pontos e novamente mostra que não terá dificuldade para se classificar para a semifinal de turno. Agora, o Rubro-negro dividirá suas atenções com a Libertadores.

Flamengo