PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Fluminense vê "grupo fechado" com iminente chegada de zagueiro Léo Santos

Léo Santos, zagueiro do Corinthians, deve ser novo reforço do Flu - Daniel Vorley/AGIF
Léo Santos, zagueiro do Corinthians, deve ser novo reforço do Flu Imagem: Daniel Vorley/AGIF

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

25/02/2019 04h00

O Fluminense está próximo de acertar o empréstimo do zagueiro Léo Santos, do Corinthians. Caso a provável transação seja sacramentada, o Flu entende que seu elenco está fechado para esta primeira parte da temporada. O clube aguarda apenas a aprovação nos exames médicos para assinar contrato de empréstimo até o fim da atual temporada.

Salvo uma ou outra inesperada "oportunidade de mercado", o Tricolor vê na chegada do corintiano a peça que faltava após a venda de Ibañez para a Atalanta, já que há o entendimento no clube de que a vinda de mais um defensor é necessária.

O Alvinegro avalia a proposta de empréstimo até o fim desta temporada. Os dois clubes ainda discutem os valores da transação, mas o negócio é visto com "bons olhos" por cariocas e paulistas.

O Corinthians tem intenção de colocar o zagueiro de 20 anos na vitrine e o empréstimo é uma saída que agrada os dois lados, já que o defensor não está entre os preferidos do técnico Fábio Carille.

Manoel e Henrique são os titulares, enquanto Marllon e Pedrinho Henrique são os reservas imediatos para o setor. Vale ressaltar ainda que o clube paulista contratou o zagueiro Bruno Méndez, capitão da seleção sub-20 do Uruguai e já com passagens na seleção principal.

O Corinthians considera Léo Santos a sua principal revelação da zaga desde Marquinhos, hoje no PSG, da França. O clube paulista, inclusive, recebeu diversas sondagens de times europeus e acredita que pode negociá-lo na abertura da próxima janela de transferências. Os alvinegros até recusaram trocar Léo Santos por Guilherme Arana recentemente.

Léo soma 41 jogos pelo time profissional do Corinthians. Ele tem contrato até 12 de setembro de 2020. O clube de Parque São Jorge é dono de 70% dos direitos econômicos do atleta.

Fluminense