PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Pai de Neymar diz não controlar o jogador: "Hoje ele está bem crescidinho"

Neymar pai ao lado do atacante do PSG, seu filho Neymar - AFP PHOTO / JACQUES DEMARTHON
Neymar pai ao lado do atacante do PSG, seu filho Neymar Imagem: AFP PHOTO / JACQUES DEMARTHON

Do UOL, em São Paulo

24/02/2019 17h01

O pai do atacante Neymar escreveu, hoje (24), um texto comentando sobre a sua relação com o jogador. Através de sua conta oficial no Instagram, o também agente do astro do PSG fez questão de ressaltar que o camisa 10 é livre para definir as suas escolhas e explica que suas interferências são somente na gestão da carreira do filho.

"Eu acho que o meu filho hoje está bem crescidinho. Já é bem adulto, tem 27 anos, para saber o que ele acha que é bom para ele. Se é continuar ouvindo meus conselhos ou não. Ele não está amarrado ou preso em um sistema de opressão, pelo contrário. É um cara muito feliz e livre para fazer o que ele quiser, e da forma que quiser", escreveu.

O pai do atleta garantiu que não interfere em todas ações de Neymar e que sua influência é notada apenas em questões burocráticas e contratuais, como a agenda comercial do atleta.

"Mas eu estar na vida do Neymar não significa que eu controlo. Eu administro a carreira do Neymar, é diferente. Eu tenho a gestão de carreira dele. Não dá para o Neymar, como um atleta profissional e do tamanho que se encontra, tomar conta da carreira dele. Ele não consegue fazer a agenda comercial. O Neymar tem uma gestão de carreira de sua imagem, da celebridade que ele virou", prosseguiu.

"Não estou na vida dele para falar o que acontece dentro de campo. Tenho certeza que o Neymar tem muito mais talento que eu para me ensinar, eu não tenho que ensinar. Eu tenho conselhos de pai. A gente não vai se furtar, nunca, de ele ser júnior e eu Neymar", finalizou Neymar.

A postagem de Neymar da Silva Santos acontece um dia após ele defender o filho da fama de ser "mimado", no programa "Grande Círculo", do Sportv. Na ocasião, o pai do atleta confrontou o comentarista Walter Casagrande, que criticou o jogador por ser "egoísta".

"Quando as coisas são faladas repentinamente, várias vezes, ainda mais por alguém do seu tamanho e de uma emissora como a Globo, isso pode começar a virar uma verdade. Era um momento de você chegar e falar, pô, freia, segura", disse o pai de Neymar a Casagrande, que estava como um dos entrevistadores da atração.

No programa, Neymar da Silva Santos também acrescentou que "a posição de mimado desportivamente não é nada pertinente", pois o atleta se dedica muito nos treinos e jogos. 

"Seu comentário foi muito pessoal, né? Não foi pertinente o comentário. Por mais que você quisesse colocar o Neymar em uma posição de mimado, não era pertinente, você tinha que falar desportivamente. É natural que um filho seja protegido pelos pais. Você mesmo falou o que é a palavra mimado, eu aceito. Se ele é protegido pelos pais, amém. A posição de mimado desportivamente não é nada pertinente. (...) O atleta não é mimado. Não tem treinador passando a mão na cabeça dele. É um dos caras que mais treinam, tem muita responsabilidade profissional, ele está em todos os campeonatos que exigem, não foge de nada. Então a minha resposta... Se eu te falei alguma coisa, desculpa aqui agora, mas não foi pertinente", continuou.

Quanto a fama de "cai-cai" de Neymar , o pai rebateu: "O Neymar não simula situações, mas ele foge do contato. Por mais que a gente diga que futebol é contato, não é. O Neymar tem que ter potência, não força. Ele tem que fugir do contato. Eu sempre dei um conselho para ele que eu escutei do Romário: 'não divida com goleiro e não perca gol fácil'. Isso entrou na minha cabeça. Eu falei com o meu filho: 'toda dividida que você entrar, você vai perder. Não adianta, você não vai ganhar, é contra a física'. Mas chegar antes, sim. Se vê que vai receber o choque, que esteja protegido, projetado no ar. Você entendeu o que estou falando. Sabe aquelas varetas do churrasco? Pode jogar uma para o alto e dar com uma marreta de ferro, que ela não quebra. Mas apoia ela no solo, e qualquer peteleco ela vai quebrar. Eu precisava dar essa advertência para ele", completou.

Futebol