PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

São Paulo tem acordo com FPF e CBF para Cuca dirigir time sem licença

Cuca e Raí, diretor-executivo do São Paulo - Rubens Chiri/saopaulofc.net
Cuca e Raí, diretor-executivo do São Paulo Imagem: Rubens Chiri/saopaulofc.net

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

21/02/2019 11h08

Mesmo sem a licença exigida pela Federação Paulista de Futebol e pela CBF, Cuca poderá comandar o São Paulo nas competições nacionais neste ano. O Tricolor paulista tem um acordo para que o técnico participe da próxima edição dos cursos ministrados pelas entidades. A informação foi publicada pelo Globoesporte.com e confirmada pelo UOL Esporte.

Os cursos para que sejam concedidas as licenças A e Pró - exigidas pela federação e pela confederação - só deverão ser realizados no fim deste ano, em dezembro. 

Contratado pelo São Paulo para substituir André Jardine, Cuca ficou sem a licença porque não participou dos cursos de 2018. Na época, o treinador havia sido convidado, mas precisou se ausentar por causa de tratamento médico. 

Apesar de ter se apresentado ao Tricolor paulista já nesta segunda-feira (18), o treinador tem previsão para receber a liberação médica para assumir o comando do time a partir do dia 15 de abril. Até lá, Vagner Mancini deverá ser o responsável por comandar o São Paulo.

São Paulo