PUBLICIDADE
Topo

Grêmio

Renato põe Grêmio em disputa com Santos e vicia time em goleadas

Atacante Everton é um dos responsáveis pelos gols do Grêmio na temporada - Lucas Uebel/Grêmio
Atacante Everton é um dos responsáveis pelos gols do Grêmio na temporada Imagem: Lucas Uebel/Grêmio

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

16/02/2019 04h00

A cada nova partida, o Grêmio se vê motivado a marcar e marcar. "Viciado" em goleadas, o time de Renato Gaúcho não parou de ampliar o marcador contra o Avenida, na última partida, mesmo com o jogo já definido. Tudo porque o treinador estabeleceu disputa com o Santos para ver quem teria o ataque mais positivo. 

Graças aos seis gols marcados contra o Avenida, o Tricolor chegou aos 21 gols na temporada, em seis partidas. Média superior a três por jogo. O Santos de Jorge Sampaoli estava em primeiro com 20 em sete jogos, mas perdeu o posto. 

"Eu falei para os jogadores, chamei eles à beira do campo e falei que respeitassem os adversários, e é assim que tem que ser. E o maior respeito que pode ter é fazer gols. O Grêmio precisa quebrar recordes. Hoje o Grêmio tem o melhor ataque do Brasil, porque busca o gol. E a defesa, por que? Porque treinamos. E é sempre bom estar na ponta. Hoje todo o Brasil sabe disso. Eu pedia para os jogadores, coloquei isso para eles, em busca de mais um recorde, pelo menos até hoje. Ter o melhor ataque, que até então era o do Santos. Mas eles tinham um jogo a mais que nós. Então se eu vejo um time com mais gols, procuro buscar o máximo de gols. No futebol se gosta de gols. Trabalhamos a semana toda para isso", disse Renato depois da partida contra o Avenida. 

No fim de semana o "vício" segue. Renato Gaúcho, mesmo distante já que está no Rio de Janeiro participando do curso de treinadores da CBF, deixou estipulada a postura que pretende do time: atacar até o fim. 

"O Grêmio tem o melhor ataque, a melhor defesa. Eu poderia me acomodar, fechar o time, tocar a bola e poupar os jogadores. Mas não. Jogamos futebol e fizemos os gols e temos o melhor ataque e a melhor defesa até então. Jogamos para frente, buscamos o gol o tempo todo independente do adversário e o local do jogo. Buscando a vitória, se pode tomar o gol, mas você está muito mais próximo da vitória do que da derrota. Futebol é alegria, eu falo isso para os jogadores", explicou. 

O Grêmio sobra no Campeonato Gaúcho. Líder da competição, no domingo encara o Brasil de Pelotas fora de casa. 

Grêmio