PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Victor minimiza atrasados no Atlético-MG e faz comparação com Bombeiros

Victor, goleiro do Atlético-MG, minimiza atrasos salariais no clube - Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG
Victor, goleiro do Atlético-MG, minimiza atrasos salariais no clube Imagem: Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG

Do UOL, em Belo Horizonte

13/02/2019 08h03

Levir Culpi revelou na noite dessa terça-feira (13) que os salários estão atrasados no Atlético-MG. Perguntado sobre a demora para o pagamento deste mês, o goleiro Victor minimizou a situação.

Assista aos melhores momentos de Atlético-MG x Danubio (URU)

O camisa 1 fez um paralelo com os membros do Corpo de Bombeiros que auxiliam no resgate de vítimas em Brumadinho pelo rompimento de uma barragem da mineradora Vale. Os mais de 300 militares que estão na cidade do interior de Minas Gerais ainda não receberam o 13º salário de 2018, mas seguem trabalhando normalmente.

"Somos profissionais. Eu não entro em campo pensando em dinheiro. Claro que a gente também depende disso aí, mas vou dar o exemplo dos bombeiros aqui em Minas, que salvaram vidas, buscando vítimas da tragédia [de Brumadinho] e estão com os salários atrasados. Então, a gente tem que saber diferenciar as coisas. Sabemos das nossas obrigações e, independentemente disso, vamos entrar em campo para fazer o nosso melhor e defender as cores do Atlético", disse Victor.

A confirmação sobre os atrasos salariais veio depois de uma declaração de Levir Culpi. O técnico falou sobre o assunto ao ser questionado sobre a ida de Diego Tardelli para o Grêmio.

"Todos nós gostaríamos de contar com o Tardelli, é um jogador de alto nível técnico e que encaixaria no time. Mas entre escolher um jogador e deixar todos com problemas de pagamento. O pagamento está atrasado. Você ainda quer trazer um jogador recebendo um milhão (de reais) por mês? Todo mundo gostaria, é um sonho, mas se eu fosse o presidente jamais traria. Tenho outras contas para pagar. O ambiente pode ficar ruim por uma coisas dessas, a carga nele (Tardelli) também seria ruim. Parabéns para quem conseguiu contratar, é um ótimo jogador. Mas a minha opinião é que a diretoria agiu de forma correta", disse em entrevista coletiva.

Depois da declaração do treinador, o Galo se manifestou e alegou que os vencimentos não recebidos são referentes ao mês de janeiro. O clube deveria depositar o pagamento no quinto dia útil de fevereiro, mas não o fez dentro do prazo. A cúpula diz que regularizará a situação até esta sexta-feira (15).

Atlético-MG