PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Dudu fala em fazer vida no Palmeiras: se Barça ou Real quiserem, vão penar

Dudu inaugurou bar em São Paulo ao lado do sócio Rafael Marques - Danilo Lavieri/UOL
Dudu inaugurou bar em São Paulo ao lado do sócio Rafael Marques Imagem: Danilo Lavieri/UOL

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

12/02/2019 20h59

O atacante Dudu esbanjou felicidade por sua renovação com o Palmeiras até 2023, disse que pensa em fazer sua vida no clube e brincou até que times com o poder de Barcelona ou Real Madrid teriam dificuldades para contratá-lo agora. O jogador falou com a imprensa nesta terça-feira (12) no evento de inauguração de um bar-restaurante em São Paulo, do qual ele é sócio ao lado do atacante Rafael Marques, ex-Verdão e hoje no São Caetano, e outros dois empresários.

"Acho que muitos têm o sonho de fazer sua vida na Europa, mas o jogador pode fazer a vida aqui no Brasil também. Claro, a gente sabe que são poucos que têm um grande contrato em um grande clube, e é nisso que o pessoal se apega para sair. Eu, graças Deus, pude fazer bem meu trabalho no Palmeiras, sou feliz aqui", disse Dudu, que foi valorizado pelo clube alviverde após sofrer novo assédio da China.

"Eu falo para você, se vier um Barcelona ou um Real Madrid, vão ter que penar para me tirar do Palmeiras também. Tem tudo aqui. A gente sabe que são grandes clubes, mas eu também jogo em um grande clube aqui no Brasil e estou feliz. Tenho só que continuar a fazer o que eu venho fazendo em campo, me dedicando, tendo o apoio do Palmeiras, do elenco, da torcida, para a gente poder ter mais sucesso ainda aqui".

Dudu também falou da situação de Deyverson, que foi suspenso por seis jogos por cuspir no corintiano Richard e recebeu um "ultimato" do técnico Luiz Felipe Scolari: ou melhora o comportamento, ou não joga mais.

"Fico triste, porque o Deyverson é uma boa pessoa, quem acompanhe sabe da índole dele. Mas infelizmente ele às vezes no jogo tem esse problema de ficar nervoso. Também já passei por isso, já conversei com ele, aconteceu a mesma coisa comigo. Agora ele tem que aprender com o erro dele, voltar tranquilo, focado no futebol e não nessas coisas erradas. Espero que ele volte a ter a chance como o Felipão falou. Se ele melhorar, vai ter a chance dele e vai nos ajudar, como nos ajudou no ano passado", afirmou.

Além de Dudu e Rafael Marques, a inauguração do bar, focado em drinks e alta gastronomia, contou com a presença de jogadores do elenco palmeirense, como Fernando Prass, Mayke, Edu Dracena, Thiago Santos, Moisés e Carlos Eduardo, além do diretor de futebol Alexandre Mattos e de Felipão.

"O Rafa é um grande amigo meu, desde 2015 a gente sempre se deu bem, sempre conversava, saía para jantar. Fico feliz que tenha essa amizade, a gente agora pôde fazer essa parceria nesse bar-restaurante", comentou Dudu.

Siga o UOL Esporte no

Palmeiras