PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Casamento em MG tem provocação ao Atlético e símbolo do Cruzeiro em aliança

Leandro Carneiro

Do UOL, em São Paulo

29/01/2019 04h00

"Existe um grande clube na cidade que mora dentro do meu coração". O trecho do hino do Cruzeiro nunca fez tanto sentido como no último fim de semana para Cris, 32, e Everthon, 31. Parte da vida do casal com muitos jogos no Mineirão, o atual campeão da Copa do Brasil foi tema do casamento dos dois no sábado (26), em Carmópolis de Minas. E como bons cruzeirenses, a união, que começou a ser planejada em agosto, teve tempo de provocar o rival Atlético-MG também.

Se o tema ia ser Cruzeiro, a determinação da noiva foi para que tudo fosse azul. Que tom de azul? "Azul do Cruzeiro", brincou Cris. Nos mínimos detalhes era possível ver a paixão de ambos pelo clube.

"Quando a gente resolveu casar, a primeira coisa que pensei, seja o que for, o que a gente for fazer, eu quero tudo azul e branco", revelou a noiva.

A aliança de Cris ganhou o símbolo da equipe mineira. Na hora de escolher a pedra preciosa para colocar na joia, a opção por duas safiras fez a homenagem azul para o Cruzeiro.

"Estou apaixonada pela aliança, eu pedi para colocar safiras, porque eu queria as pedras azuis, normalmente, colocam brilhantes. Encontrei esse modelo na internet e ficamos enlouquecidos procurando quem fazia para a gente. Tem um amigo que é designer que indicou e a gente encomendou. A aliança chegou sexta-feira, um dia antes do casamento".

Bem-casados, buquê, as forminhas dos docinhos, roupas dos noivos - ela de branco e sapato azul, ele de terno azul e camisa branca - noivinhos, flores, decoração na unha e sinalizadores para entrada dos noivos. Até a mascote do Cruzeiro deu as caras na festa.

"Eu queria fazer uma surpresa para o meu marido. Combinei com o rapaz do cerimonial para a gente poder preparar na hora da valsa para o Raposão entrar e me tomar do meu marido. Ele fez uma cara quase igual uma criança que ganha o presente. Quando viu o Raposão, achei que ele ia chorar. Ele não chorou quando me viu entrar na igreja, mas chorou quando viu Raposão. Esqueceu que tinha casado, que tinha esposa, só queria ficar com Raposão", brincou.

O Atlético-MG foi lembrado também. Na sola do sapato, Everthon colocou a frase: "Nunca caiu". Uma referência ao fato do Cruzeiro nunca ter sido rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro, o que já aconteceu com o rival.

O casal já possui um cachorro chamado Fred, e Cris planeja um dia ter um filho. "Quem sabe se o Everthon deixar, a gente tenha um Fabiozinho, futuramente", finalizou.

Futebol