PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jogador de 32 anos morre após passar mal em partida na Espanha

Do UOL, em São Paulo

28/01/2019 17h19

O jogador espanhol Francisco Cavada, de 32 anos, morreu neste domingo (27) durante uma partida pela Primera Regional de Cantabria, competição regional pertencente à sexta divisão do Campeonato Espanhol.

Fran, como era conhecido, defendia o Marina de Cudeyo. No jogo fora de casa contra o Valdáliga, em confronto direto contra o rebaixamento, ele se sentiu mal ainda no primeiro tempo, aos 22 min.

No momento em questão, Fran caiu no gramado e se levantou. Em seguida, afastado da disputa de bola, conversou com o árbitro. Imediatamente, caiu de joelhos no campo e perdeu a consciência.

O técnico do Marina de Cudeyo, David Colina, entrou em campo às pressas, acompanhado de um policial. O técnico do Valdáliga, Alberto Cano, correu para auxiliar. Os três iniciaram então manobras de ressuscitação no jogador.

Os serviços de emergência chegaram sete minutos mais tarde. Durante 40 minutos, foram realizados trabalhos de reanimação. O jogador foi levado a um hospital na cidade de Santander (a cerca de 55 km), onde Fran chegou ainda com sinais vitais.

Segundo o jornal El Confidencial, Fran foi declarado morto após mais de 100 minutos de manobras de reanimação - a princípio, de morte súbita. O jogo foi suspenso, ainda sem previsão de retomada.

No Twitter, a Federação Cântabra de Futebol lamentou a perda. “Não há palavras para expressar a dor diante desta triste notícia. A Federação Cântabra de Futebol fará todo o possível para que seu nome, Fran, esteja sempre presente no futebol cântabro”, publicou.

Entre os 18 times da Primera Regional de Cantabria, o Marina de Cudeyo é o lanterna, com sete pontos em 19 jogos. O Valdáliga é o 16º, com 17 pontos nas mesmas 19 partidas.

Futebol