PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Por que uma camisa de motoqueiro fez atacante acertar com Vasco

Rossi revelou um fato inusitado que o fez fechar com o Vasco para temporada 2019 - Carlos Gregório/Vasco
Rossi revelou um fato inusitado que o fez fechar com o Vasco para temporada 2019 Imagem: Carlos Gregório/Vasco

Do UOL, no Rio de Janeiro

25/01/2019 15h51

A negociação entre Rossi e Vasco foi uma verdadeira montanha russa. Em alguns momentos, o atacante esteve perto do acerto. Em outros, no entanto, ficou distante. O jogador acabou fechando com o Cruzmaltino e o motivo que o fez tomar essa decisão é no mínimo curioso.

Leia Mais

Em coletiva de imprensa durante sua apresentação, Rossi revelou que estava na dúvida sobre o futuro e acabou recebendo uma espécie de sinal para dizer sim ao Vasco.

"Em uma viagem de carro, eu falei comigo mesmo que queria uma luz. Pedi aos céus. Quando fechei a boca, um motoqueiro veio em minha direção com a camisa de uma torcida organizada do Vasco. Liguei para o meu pai e falei isso com ele", disse Rossi em sua apresentação.

O Shenzen, clube do jogador na China, aceitou emprestar o atleta até o fim do ano, com o Cruzmaltino pagando parte dos salários.

Rossi já havia sido emprestado pelos chineses para o Internacional no ano passado, mas num primeiro momento, só aceitou negociá-lo em caso de venda, fato que fez o Colorado se afastar do jogador. O Vasco, então, entrou na jogada e conseguiu costurar a negociação.

O atacante tem uma característica que Alberto Valentim enxerga como importantes para a montagem do elenco: velocidade pelas pontas.

Este foi o nono reforço do clube para a temporada, que anteriormente já trouxe os meias Bruno César e Yan Sasse, os volantes Fellipe Bastos e Lucas Mineiro, os laterais direitos Raúl Cáceres e Cláudio Winck, o lateral esquerdo Danilo Barcelos e o atacante Ribamar.

Futebol