PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Vítima de racismo, Koulibaly afirma: "Devemos aprender com as crianças"

Marco Bertorello / AFP
Imagem: Marco Bertorello / AFP

Da ANSA

24/01/2019 19h45

O zagueiro do Napoli Kalidou Koulibaly afirmou, nesta quinta-feira (24), que "lamenta" ser considerado um símbolo na luta contra o racismo. No dia 26 de dezembro, durante a partida contra a Inter de Milão, pelo Campeonato Italiano, torcedores do time nerazzurro gritaram ofensas racistas contra o jogador senegalês, que é negro. Segundo o defensor, a luta contra a discriminação deveria começar a ser ensinada nas escolas. 

Leia também: 

Boschilia se une a jogadores argentinos em campanha por buscas a Sala
Dores ainda assustam PSG, e Neymar tenta evitar cirurgia por Champions
Douglas Costa marca, e líder Juventus bate Chievo; Ronaldo perde pênalti

"Eu não tenho que ensinar ao meu filho algumas coisas, porque tem respeito pelos outros, além da cor da pele. E eu gosto de ir com ele para a escola, porque as crianças não fazem diferença. Podemos ser diferentes, mas somos todos homens. Devemos aprender com as crianças, e eu acho que o trabalho nas escolas é o mais importante", declarou.

Naquela partida, os alto-falantes do San Siro chegaram a emitir apelos solicitando o fim das ofensas e alertando que a partida poderia ser suspensa, mas nada aconteceu. Já no segundo tempo, Koulibaly foi expulso após levar cartão amarelo por uma falta e aplaudir ironicamente o árbitro Paolo Mazzoleni, que não tomara nenhuma atitude contra os cânticos racistas.

"Tenho o prazer de ser considerado um símbolo na luta contra o racismo, mas ao mesmo tempo lamento, porque em 2019 não deveria haver necessidade de um símbolo para isso. O mundo fez grandes progressos, mas se ainda tivermos que lutar contra estas coisas significa que estamos dando um passo atrás", disse o zagueiro, em entrevista aos canais oficiais do Napoli.

Após cumprir dois jogos de suspensão, Koulibaly voltará a campo neste sábado (26), na partida contra o Milan, no San Siro, válida pela 21ª rodada do Campeonato Italiano.

Futebol