PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Thierry Henry é suspenso do cargo de treinador do Monaco

Henry permaneceu três meses no posto de treinador do Monaco - REUTERS/Eric Gaillard
Henry permaneceu três meses no posto de treinador do Monaco Imagem: REUTERS/Eric Gaillard

Do UOL, em São Paulo (SP)

24/01/2019 17h05

Pode durar pouco a primeira experiência profissional de Thierry Henry como técnico na elite do futebol francês. Nesta quinta-feira (24), o Monaco anunciou a suspensão do ex-atacante do cargo, enquanto decide sobre o seu futuro. A informação veio por intermédio do seu site oficial. 

“O AS Monaco anuncia que decidiu suspender de suas funções, a partir deste dia, o treinador Thierry Henry, a espera de uma decisão definitiva. Frank Passi vai treinar o grupo profissional nesta sexta-feira (25)”, escreveu o clube, em breve comunicado.

Depois de exercer a função de auxiliar na seleção belga durante a Copa do Mundo da Rússia e estar no banco na vitória por 2 a 1 sobre o Brasil, nas quartas de final, Henry assumiu o Monaco em outubro do ano passado.

O histórico ex-atacante da seleção francesa chegou com o objetivo de afastar a equipe do Principado da zona de rebaixamento do Campeonato Francês, mas pena para conseguir encaixar o time e emplacar bons resultados na competição.

Sem vencer pela Liga desde 4 de dezembro (2 a 0 sobre o Amiens), o clube vice-campeão europeu em 2004 ocupa a penúltima colocação, com apenas 15 pontos em 21 jogos.

Para evitar a queda, o Monaco se reforçou na atual janela de transferências e trouxe o espanhol Fàbregas (ex-Chelsea) e o zagueiro brasileiro Naldo. Henry agora fica fora do dia a dia, enquanto aguarda a decisão final da diretoria sobre sua saída.

Futebol