PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Oficializado, Dodô diz que projeto ambicioso pesou na escolha pelo Cruzeiro

Lateral esquerdo chega ao Cruzeiro para disputar vaga de titular com Egídio - Cruzeiro/Divulgação
Lateral esquerdo chega ao Cruzeiro para disputar vaga de titular com Egídio Imagem: Cruzeiro/Divulgação

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

24/01/2019 17h42

Oficializado nesta quinta-feira pelo Cruzeiro, o lateral esquerdo Dodô foi apresentado durante a tarde na Toca da Raposa. Aos 26 anos, o jogador ficará emprestado até o final da temporada, e falou sobre o desejo de participar do projeto ambicioso de ganhar títulos na nova equipe.

"Eu tive algumas ofertas, algumas oportunidades, mas o projeto esportivo do Cruzeiro é interessante e ambicioso. Com certeza isso fez diferença. Tivemos tempo para tomar essa decisão, estou bem feliz", contou.

Sem um acordo para prolongar o empréstimo de Dodô na Vila Belmiro, válido até o final do ano passado, o Santos viu o jogador de 26 anos voltar para a cidade de Gênova e se reapresentar na Sampdoria. Com o atleta livre do Peixe, o Cruzeiro chegou a avançar nas conversas para trocar o lateral pelo atacante Raniel, mas as negociações não avançaram por vontade dos italianos. O Cruzeiro não desistiu do negócio, e, recentemente, as partes voltaram a conversar, desta vez para chegar a um acordo.

"Meu contrato com o Santos acabou no fim de dezembro. A Sampdoria me convocou para me apresentar na Itália. Me apresentei e fiz os treinamentos. As coisas ainda não tinham se resolvido. Quando se resolveram, vim para o Brasil para acertar os últimos detalhes. Estou feliz de estar aqui", acrescentou.

"Hoje estou focado no Cruzeiro, com ambição e entusiasmo de participar de um grupo que já é vencedor. Espero que em 2019 continue assim", concluiu.

Presente na apresentação de Dodô, Itair Machado, vice-presidente do Cruzeiro, revelou que o clube pagará 200 mil euros (R$852 mil) pelo empréstimo de um ano. Depois disso, a Raposa terá que pagar mais 300 mil euros (R$1,2 milhão) para ficar com o jogador em definitivo. Se isso acontecer, o clube deverá assinar um contrato de quatros anos com o lateral, ficando com 90% dos direitos econômicos, enquanto a Sampdoria permanecerá com 10%.

Futebol