PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Monitorado por árabes, Cazares receberá nova oferta para deixar Atlético-MG

Juan Cazares tem contrato do Atlético-MG, mas ainda desperta interesse de clube árabe - Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG
Juan Cazares tem contrato do Atlético-MG, mas ainda desperta interesse de clube árabe Imagem: Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

22/01/2019 12h00

O Atlético-MG receberá em breve uma nova oferta por Juan Cazares. Um intermediário viajará aos Emirados Árabes no início de fevereiro para se reunir com dirigentes do Shabab Al Ahli Club. A ideia é voltar ao Brasil com uma proposta formal pelo equatoriano. Os números ainda são desconhecidos, mas a diretoria alvinegra já sabe do caso.

Os árabes monitoram o jogador há pelo menos duas temporadas e mantêm o interesse em contratá-lo, mesmo com a troca na diretoria. O clube é uma fusão de três equipes dos Emirados Árabes - Al-Ahli, Shabab FC e Dubai FC. No encontro com o representante brasileiro, o Shabab Al Ahli Club se atualizará sobre o jogador e entregará um papel com autorização para nova proposta.

A cúpula atleticana já foi informada sobre a possibilidade de chegar uma nova oferta pelo apoiador, agenciado por André Cury, e aguarda números que superem os apresentados anteriormente.

Em julho do ano passado, o mesmo clube fez uma investida pelo jogador de 26 anos, mas não chegou a um acordo com os mineiros. Representado pelo mesmo emissário, tentaram levar o camisa 10 por 6 milhões de euros (R$ 25,6 mi na cotação atual). O montante total da transação poderia aumentar 2 milhões de euros (R$ 8,5 mi) por bonificação. O Atlético, no entanto, recusou a oferta.

Detentor de 50% dos direitos econômicos do meia-atacante, o Galo ficaria com metade do valor total da transferência - 3 milhões de euros (R$ 12,8 mi) no início da operação. No entanto, poderia receber 1 milhão de euros (R$ 4,27 mi) na sequência. O restante dos direitos pertence ao Independiente del Valle, do Equador.

Autor de um gol na estreia do Atlético em 2019, na vitória por 5 a 0 sobre o Boa Esporte, Juan Cazares tem contrato até 31 de dezembro de 2020. Ele é uma das apostas da diretoria para fazer dinheiro com venda em 2019. A cúpula pretende faturar R$ 70 milhões em saídas de atletas neste ano.

O equatoriano está em Belo Horizonte desde janeiro de 2016. Ele foi contratado por US$ 1,5 milhão (R$ 5,85 milhões à época). O acordo do atleta foi alinhavado por Eduardo Maluf, antigo diretor de futebol do clube.

Futebol