PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Manoel "estreia" patrocínio e lembra título perdido para o Corinthians

Arthur Sandes

Do UOL, em São Paulo

17/01/2019 16h12

O primeiro dia de Manoel como um reforço oficial do Corinthians teve novidade publicitária nesta quinta-feira (17), quando o zagueiro foi apresentado no CT Joaquim Grava. Ele vestiu a camisa alvinegra já com o novo patrocínio do banco BMG e concedeu sua primeira entrevista coletiva falando até sobre um título perdido para seu novo clube.

O novo patrocinador havia sido divulgado poucas horas antes e apareceu na camisa que Manoel vestiu ao posar para fotos no centro de treinamento. Na sala de imprensa, o zagueiro se mostrou um pouco tímido mas respondeu a todas as perguntas - só não quis falar muito do caso de racismo do qual foi alvo em 2010.

Perguntado sobre a decisão da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2009, Manoel se soltou. "Naquele jogo todos estavam muitos nervosos, porque nunca tínhamos jogado uma partida como aquela, com 35 mil pessoas", relembra o defensor, falando da final que perdeu para o Corinthians quando ainda defendia a base do Athletico-PR. "Logo no início do segundo tempo, nós perdemos o Bruno Costa [expulso], meu companheiro de zaga, e aí acabamos perdendo por 2 a 1. Depois de dez anos estou aqui, e fico muito feliz por isso", disse o oitavo reforço corintiano para esta temporada, que revelou "sonho de ser ídolo" no Alvinegro.

Em 2019, Manoel chega ao Corinthians para disputar espaço com outros quatro zagueiros. Ele deve competir diretamente com Henrique, visto que ambos têm o mesmo estilo de jogo, mas acredita poder fazer dupla com o corintiano que mais entrou em campo na temporada passada (5.670 minutos). "Acho que dá, sim", resumiu Manoel, que se vê como um zagueiro que "marca forte e não desiste nunca das jogadas" - o empenho que a torcida gosta. Pedro Henrique, Léo Santos e Marllon são as outras opções de Fábio Carille para o setor.

Uma semana para estar apto

Manoel repetiu durante sua entrevista coletiva que precisa de poucos dias para chegar ao condicionamento físico ideal. Quinze dias após ficar curado de uma catapora, ele já fez trabalho físico nesta quinta e planeja estar à disposição de Carille logo. "Estava treinando normalmente lá [no Cruzeiro], mas infelizmente peguei uma catapora. Hoje já fiz um físico por aqui, e acho que em uma semana estou pronto", projeta o zagueiro.

Ele é desfalque, portanto, na estreia do Corinthians no Campeonato Paulista, às 17 horas (de Brasília) deste domingo (20). Henrique e Pedro Henrique têm formado a defesa da equipe titular, enquanto Léo Santos e Marllon são alternativas.

Conversa com Mano Menezes

Manoel revelou que conversou com Mano Menezes ao se despedir dos ex-companheiros de Cruzeiro e ouviu só elogios do treinador quanto ao Corinthians. "Falei com o Mano, agradeci a ele por tudo. Ele me disse para eu fazer meu jogo, me concentrar. Disse que é um clube diferente, com torcida diferente. Vou procurar corresponder", promete o zagueiro.

Corinthians apresenta BMG como novo patrocinador

UOL Esporte

Futebol