PUBLICIDADE
Topo

Soteldo é apresentado como “pequeno polegar” e destaca mano a mano

Soteldo foi apresentado como reforço do Santos nesta terça-feira (15) - Reprodução/Twitter
Soteldo foi apresentado como reforço do Santos nesta terça-feira (15) Imagem: Reprodução/Twitter

João Henrique Marques

Do UOL, em Santos (SP)

15/01/2019 12h50

A altura chama a atenção. Com 1,60m o meia-atacante venezuelano Yeferson Soteldo não tem pinta de jogador de futebol na foto ao lado do presidente do Santos, José Carlos Peres, e do diretor executivo, Renato. A altura ainda leva o mandatário santista a fazer piada: "é o nosso pequeno polegar". Assim, o primeiro reforço santista na temporada foi apresentado com o destaque para o tamanho, mas com a capacidade com a bola nos pés enaltecida.

Leia mais

"Eu gosto de jogar com liberdade, seja pela direita esquerda ou no meio. Mas quero a bola o tempo inteiro e encarar o marcador. É isso que quero mostrar no Santos", avisou Soteldo na apresentação na manhã desta terça-feira, no CT Rei Pelé. 

"Soteldo é uma grande conquista no mercado. Jogador que no um contra um tem muita facilidade em estar driblando, e foi isso que acompanhamos na trajetória dele. Ele é rodado e sabe jogar Sul-Americana e Libertadores. Nosso primeiro reforço e vamos trabalhar por mais", avisou o diretor executivo Renato.

No Santos, Soteldo foi ainda destacado pelo presidente Peres como "um dos melhores jogadores da América" e vestiu a camisa 10 ao posar para fotos. A contratação veio com um pagamento de 3,5 milhões de dólares ao Huachipato, do Chile, por 50% dos direitos do jogador, que passou a última temporada emprestada ao Universidad do Chile.

"É um sonho de criança que estou realizando, o de jogar no Santos. Todo mundo conhece o clube como o do Pelé e do Neymar. Vou me esforçar para ter sucesso por aqui", avisou Soteldo.

"Sou um jogador competitivo, assim como o técnico Sampaoli. Não conhecia ele pessoalmente, não trabalhamos juntos. Mas acho que vamos brigar juntos por títulos por aqui", complementou

Soteldo aguarda regularização da situação contratual pelo Santos. Por conta disso, ele será ausência na partida de estreia pelo Campeonato Paulista, sábado, contra a Ferroviária, na Vila Belmiro. 

"Estou trabalhando para me colocar em forma rapidamente. Avançar o mais rápido possível. E isso é o que quero. Sei que tenho que me colocar em forma rapidamente", finalizou.

Futebol